Cuiabá, sábado, 11/07/2020
23:58:19
informe o texto

Notícias / Geral

03/06/2020 às 17:12

Clientes da Unimed reclamam de demora para liberação de teste para Covid-19

A cooperativa pede até cinco dias para liberar o pedido, depois o paciente ainda precisa agendar no laboratório e ainda leva mais 10 para sair o resultado

Maria Clara Cabral

Clientes da Unimed reclamam de demora para liberação de teste para Covid-19

Foto: Instagram

A demora no protocolo de atendimento para pedidos de teste de Covid-19 tem sido uma reclamação de quem paga o plano de saúde da Unimed em Cuiabá. Clientes da cooperativa relataram ao Leiagora a espera de até cinco dias para a liberação dos exames. Além disso, o paciente ainda precisa fazer o agendamento no laboratório credenciado, e só tem um na capital, e o resultado ainda leva 10 dias.

Eduardo, 41, apresenta sintomas de Covid-19 e está há mais de uma semana sem conseguir realizar o teste. Ele é motorista de aplicativo e procurou o Pronto Atendimento da Unimed na segunda-feira passada (25) depois de apresentar sintomas de gripe e medir 38º de febre.

Depois de passar pela triagem, ele recebeu remédio na veia e realizou exames de sangue, mas nenhum que pudesse mostrar possível contaminação. Eduardo recebeu atestado de 14 dias indicando a doença, mas teve o teste negado pelo médico. No mesmo dia, conseguiu solicitar o exame através de um outro médico da família. O pedido foi liberado quatro dias depois e ele só conseguiu agendar o exame para o próximo sábado (7).

“Um infectologista inclusive me informou que o exame não é mais seguro, porque tem que ser feito em período de 3 a 5 dias”, fiz Eduardo. “Acredito que as pessoas estão morrendo por falta de atendimento. Eu pago o plano há 8 anos e passar por uma situação dessa é uma humilhação”, lamenta.

Eduardo continua trabalhando normalmente para sustentar o filho de 4 anos, autista e tem um agravante, isto porque, ele é portador de uma síndrome genética rara – o 41º caso no país, o segundo em Mato Grosso e o único em Cuiabá – e possui
a imunidade baixa fazendo com que esteja no grupo de risco para Covid-19. Ele relata que continua sentindo dor de cabeça e mal-estar.

Lidiane Pessoa, 29, também recorreu ao plano de saúde na quinta-feira passada (28), quando começou a sentir dor no corpo e dor de cabeça. Ela trabalha como gerente de relacionamento na área da saúde e deu entrada no pedido no dia seguinte, se mantendo em isolamento desde então.

O pedido ficou em avaliação até esta terça-feira (2), porém o exame foi agendado somente para quinta-feira (5), ou seja, mais espera. “Me informaram um prazo de três dias úteis e me encaminharam para a matriz do laboratório Carlos Chagas, a única unidade que estava fazendo o teste pela empresa”, conta.

Para piorar, o resultado só fica pronto 10 dias depois. “Se eu realmente estiver doente, vou sarar, voltar para as minhas atividades e só depois eu vou saber que tive a covid”, reclama.

Lidiane mora com a irmã, que consegui fazer um teste rápido nesta manhã (3) pelo trabalho e testou negativo. Ela é funcionária de outro laboratório da capital. “A gente não está com a vida ganha, precisa trabalhar e o cenário não está bonito, está difícil para todo mundo. Isso porque eu pago um plano de saúde, imagina quem não tem esse acesso”, reflete.

Outro lado 

Em nota enviada ao Leiagora, a Unimed Cuiabá afirma que possui um protocolo específico para atendimento de pacientes com suspeita de coronavírus (Covid-19) no Pronto Atendimento.

Nele, os pacientes que não apresentam sintomas respiratórios devem ser medicados, orientados ao isolamento e monitorados pela equipe. 

A cooperativa ainda afirma que o prazo para análise e autorização do teste é de seis dias e segue todas as recomendações das autoridades de saúde. Além disso, o exame só pode ser realizado após três dias completos do início dos sintomas de síndrome gripal. 


Confira o posicionamento na íntegra:

A Unimed Cuiabá esclarece que os exames diagnósticos do covid-19 estão sendo realizados conforme normas estipuladas pelo Ministério da Saúde e Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), respeitando os prazos legais e critérios de triagem e liberação preconizados. Esclarecemos ainda que:

- Os planos de saúde da Unimed Cuiabá garantem a cobertura do teste diagnóstico para infecção por coronavírus, conforme determina a ANS, regulamentado no âmbito da Saúde Suplementar pela Resolução Normativa nº 453/2020. A norma preconiza que a cobertura do exame do tipo RT-PCR é obrigatória quando o paciente se enquadrar na definição de caso suspeito ou provável de doença pelo Covid-19 definido pelo Ministério da Saúde.

- O teste é realizado somente com prescrição médica, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde. De acordo com o órgão, o exame do tipo RT-PCR só pode ser realizado após três dias completos do início dos sintomas de síndrome gripal. 

- Os pacientes que não apresentam sintomas respiratórios são medicados conforme o caso, orientados ao isolamento e monitorados pela equipe do Pronto Atendimento. O exame diagnóstico é solicitado de acordo com a necessidade e realizado em laboratórios da rede credenciada. 

- O prazo para análise e autorização do procedimento durante a pandemia é de seis dias, conforme ROL de procedimentos da ANS 2018 item 126 da Diretriz de Utilização (DUT). Portanto, todos os exames cumprem rigorosamente os prazos estipulados pela Agência Reguladora. Já os prazos de agendamento e resultado são de responsabilidade de cada laboratório credenciado.

Por fim, reforçamos que a Unimed Cuiabá possui um protocolo específico para atendimento de pacientes com suspeita de coronavírus no Pronto Atendimento, que segue todas as recomendações do Ministério da Saúde e autoridades sanitárias estaduais e municipais e que esta cooperativa não realiza o teste rápido, somente o PCR em parceria laboratórios da rede credenciada. 

A cooperativa disponibiliza um canal gratuito para esclarecimento de dúvidas sobre o coronavírus e orientações em saúde de qualquer natureza com equipe médica especializada pelo SOS Unimed Cuiabá - telefone 0800 772 3772.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet