Cuiabá, quarta-feira, 15/07/2020
02:01:44
informe o texto

Notícias / Esporte

19/06/2020 às 11:55

Neymar perde processo e precisará devolver mais de R$ 40 milhões ao Barcelona

A decisão, do 15º Tribunal Social de Barcelona, cabe recurso, que deve ser apresentado pela defesa de Neymar.

Leiagora

Neymar perde processo e precisará devolver mais de R$ 40 milhões ao Barcelona

Foto: Rede Social

O Barcelona comunicou nesta sexta-feira que conseguiu uma vitória judicial sobre Neymar envolvendo o pagamento das luvas ao jogador. O clube explicou que um tribunal da sua cidade determinou que o atacante brasileiro precisará devolver 6,7 milhões de euros (aproximadamente R$ 40,4 milhões, na cotação atual).

A decisão, do 15º Tribunal Social de Barcelona, cabe recurso, que deve ser apresentado pela defesa de Neymar. "O FC Barcelona expressa sua satisfação com a sentença proferida hoje pelo 15º Tribunal Social de Barcelona, em relação ao processo entre o FC Barcelona e o jogador Neymar Jr, que reivindicava o valor em compensação pelo bônus de assinatura assinado na última renovação contratual", afirmou o clube catalão.

Em seu comunicado, o Barcelona explicou que Neymar reivindicava receber 43,6 milhões de euros (R$ 262,3 milhões), o que foi rejeitado pelo tribunal, que apontou a necessidade de o atacante brasileiro ressarcir o time espanhol.

"O julgamento rejeita a reivindicação do jogador na sua totalidade, que exigiu o pagamento de 43,6 milhões de euros, e estima uma grande parte da reivindicação movida pelo FC Barcelona, sob a qual o jogador deve devolver o clube 6,7 milhões de euros. Como esta resolução pode ser apelada pela representação do jogador, o clube continuará a defender firmemente seus interesses legítimos", explicou.

O litígio entre Neymar e Barcelona se iniciou após o atacante brasileiro se transferir ao Paris Saint-Germain no meio de 2017, sendo que um ano antes o jogador havia renovado o seu contrato até 2021, o que incluía o pagamento de luvas de 26 milhões de euros (R$ 156,4 milhões na cotação atual).

O valor cobrado por Neymar se referia ao bônus integral acrescido pelos impostos, enquanto o Barcelona alegava que o atacante não cumpriu o seu contrato, por isso deveria repassar 22,5 milhões de euros (R$ 135,4 milhões) ao clube. Assim, agora obteve uma vitória parcial no caso.

No meio de 2017, Neymar foi adquirido pelo PSG junto ao Barcelona por 222 milhões de euros (R$ 817 milhões, na cotação da época), na mais cara transação da história do futebol. Em meio ao processo, a possibilidade de retorno do atacante ao time catalão voltou a ser especulado recentemente.
Esporte Plus

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet