Cuiabá, terça-feira, 07/07/2020
04:42:51
informe o texto

Notícias / Agro e Economia

26/06/2020 às 09:30

Leilão virtual vai ofertar 52 lotes de cavalos pantaneiro para pecuaristas

Ao todo, 80 cavalos pantaneiro serão ofertados durante o "Leilão Virtual Produção do Cavalo Pantaneiro"

Edyeverson Hilario

Leilão virtual vai ofertar 52 lotes de cavalos pantaneiro para pecuaristas

Foto: Fagner Dellaqua / ABCCP

A frase “o agronegócio não para” nunca fez tanto sentido como nos dias atuais. Apesar da pandemia, o trabalho no campo segue a todo vapor e as exportações agrícolas tem batido novos recordes.

E na pecuária, grande parte dos trabalhos são feitos de forma braçal e para isso, o pecuarista precisa estar montado em bons cavalos. Pensando nisso, a Estância Bahia Leilões vai leiloar 52 lotes de cavalos pantaneiros, no dia 11 de julho.

Com transmissão ao vivo pelo canal Terra Viva, o leilão “Produção do Cavalo Pantaneiro” é realizado pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Pantaneiro (ABCCP) e ocorrerá de forma virtual. Dessa forma os interessados vão ter a oportunidade de ver os lotes pela televisão. A apresentação deve começar às 10h (horário de Brasília).

Os cavalos são de 15 criadores que moram em Cuiabá, Nossa Senhora do Livramento e Poconé. Dessa vez, o leilão contará ainda com a participação de 8 animais que pertencem a grande criadores de Mato Grosso do Sul. Ao todo, 80 cavalos pantaneiro serão ofertados e vendidos em 52 lotes.

O médico veterinário e coordenador de leilões da Estância Bahia, Luiz Rodolfo, explicou que o cavalo pantaneiro está muito relacionado com a pecuária de corte. Por isso, “nós montamos um leilão de produção. É um cavalo para o trabalho”, justifica.

Ainda relata que por causa da pandemia, os eventos realizados com animais da raça foram cancelados. Por isso, não teve vendas. "Então vimos a necessidade de muita gente, que está precisando de cavalo para o trabalho”, observa.

Apesar do leilão ter como foco principal o cavalo para o trabalho no campo, também decidiram ofertar outros animais. “Alguns podem precisar de reprodutor ou uma égua, então resolvemos diversificar. Nessa diversificação vai oferecer venda de animais de várias categorias. Podem haver animais de 5 mil, mas pode ter animal de 50 mil reais. O potencial e qualidade para isso tem no leilão”, frisou.

Dos 80 animais disponíveis para venda, 40 são castrado, aptos tanto para o trabalho, quanto para a realização de provas de laço ou até lazer. Cada um deles deve ser posto em lotes diferentes. Além desses, vai ter uma bateria com cinco cavalos reprodutores. 

Outra bateria com 10 éguas domadas, mansas também irá a leilão. De acordo com o coordenador de leilões, essas também servem para reprodução e também podem ser usadas para competir. “Para qual for o interesse. Ou seja, lazer, prova de laço, esporte e para reprodução”, explica.

Por fim, virá outra bateria formada por potras e potros, “para quem quiser domar o seu animal”. De acordo com Luiz, será uma bateria pequena. “Nesse caso, as fêmeas servem para reprodução e os machos para fazer o trabalho também”, relata.

Luiz Rodolfo pontuou que todos os animais são registrados e passaram por vistorias. Por exames de anemia e ainda possuem atestado de vacina. Ao arrematar o animal, o comprador vai receber os registros da ABCCP, com todos os trâmites legais dele.

Para participar, o interessado precisa fazer um cadastro na Estância Bahia Leilões por meio do no telefone (65) 2121-6700. Para mais informações sobre os animais e raça, é só entrar em contato com a leiloadora.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet