Cuiabá, quinta-feira, 05/08/2021
02:48:08
informe o texto

Notícias / Política

27/06/2020 às 16:29

Senador relata tratamento de Covid e diz que teve 50% do pulmão comprometido: 'senti muito medo'

Carlos Fávaro esteve em unidade de monitoramento intensivo e retornou a Cuiabá curado

Maria Clara Cabral

Senador relata tratamento de Covid e diz que teve 50% do pulmão comprometido: 'senti muito medo'

Foto: Reprodução

Diagnosticado com o novo coronavírus (Covid-19), o senador de Mato Grosso Carlos Fávaro (PSD) retornou curado a Cuiabá. Ele esteve internado em unidade de monitoramento intensivo em São Paulo e divulgou um vídeo onde faz um relato sobre o tratamento.

Tive muito medo. Medo de não poder voltar para casa, de não poder mais estar com minha família e meus amigos”.

No início de maio, Fávaro conta que começou a expelir secreção com sangue. À época, uma tomografia identificou um nódulo escavado de 2,7 centímetros em seu pulmão. 

Começamos a investigar o diagnóstico, fiz diversos exames de sangue, marcadores moleculares e até uma biópsia, mas não conseguimos diagnosticar a origem para fazer o tratamento. Os médicos decidiram então que seria monitoramento”.

Após um tempo, o senador voltou a sentir dores e febre, retornando ao hospital para nova tomografia. “Tive o primeiro milagre: a completa cicatrização desse nódulo sem ter tomado nenhum medicamento”. 

No entanto, foi detectado no mesmo exame 5% de vidro fosco no pulmão e ele deu início ao tratamento da Covid. Em sete dias, os sintomas se tornaram mais fortes e ele deu começou um segundo protocolo de medicamentos. 

A piora foi significativa e tive 50% do pulmão comprometido”, revela Fávaro. O senador foi então transferido uma unidade de monitoramento intensivo, onde foi curado, retornando a Cuiabá: “foi o segundo milagre”.  

No vídeo, Fávaro também destaca o trabalho de profissionais de saúde com os quais conviveu durante o isolamento.

Conheci heróis, médicos e enfermeiros, técnico e profissionais de toda área da saúde, que se contaminaram e que contaminam suas famílias para poder cuidar das pessoas que estão sofrendo com esse mal”.

Confira relato completo:

Vídeo Relacionado

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet