Cuiabá, sábado, 08/08/2020
16:41:45
informe o texto

Notícias / Geral

30/06/2020 às 21:03

Pastor Sebastião está na UTI e família pede uso da cloroquina

Avô e tio de Abílio Brunini, pastores Sebastião e Rubens testaram positivo para covid-19

Eduarda Fernandes

Pastor Sebastião está na UTI e família pede uso da cloroquina

Pastor Sebastião Rodrigues

Foto: Reprodução

O vereador por Cuiabá Abílio Brunini Júnior (Podemos) fez um apelo nas redes sociais na noite desta terça-feira (30) para que seu avô Sebastião Rodrigues de Souza, 89 anos, e seu tio Rubens Siro de Souza, 68, ambos diagnosticados com covid-19, sejam tratados com cloroquina, hidroxocloroquina, azitromicina pelo hospital particular onde estão internados, na Capital. Sebastiao e Rubens são pastores e líderes da igreja Assembleia de Deus.

Em transmissão ao vivo feita em seu Facebook, o parlamentar disse que por mais que a família peça, o hospital tem se recusado. Segundo Abílio, eles foram internados na semana passada o estado de saúde deles é grave, sem sinais de melhora.

“O que mais me deixa indignado, irritado, é que a nossa família está implorando para os médicos do Hospital Femina que apliquem o protocolo que estamos pedindo, aplique os medicamentos como azitromicina, hidroxocloroquina, cloroquina. A gente tem visto que isso em diversos lugares tem ajudado. O que o hospital está fazendo pelo meu avô e pelo meu tio? Não estão melhorando significativamente o quadro deles. A vida deles está correndo risco”, revela o vereador.

No vídeo, Abílio conta que seu tio está entubado e que obteve informações que seu avô também deve ser submetido ao procedimento. Ele diz que chegou a solicitar o prontuário de seus familiares para ingressar com um pedido de liminar na Justiça, para que o tratamento seja feito conforme a família pede, mas isso também lhe foi negado.

“A gente quer entrar na Justiça, quer pedir por favor, é um pedido da família, é um pedido do meu primo Willian. Por favor, apliquem o protocolo que estamos pedindo. Para de ser orgulhoso, médico. Se até agora não está melhorando, tenta de outra forma, é a família que está pedindo, a gente vai assinar um termo de consentimento”, suplica o parlamentar.

O vereador esclarece que optou por fazer a transmissão ao vivo como medida extrema diante das negativas do hospital. Ele afirma que tanto o filho, quanto a esposa do pastor Rubens também fazem o apelo. A avó de Abílio, pastora Nilda Paula, também está internada, mas testou negativo para covid-19 e se encontra em leito de enfermaria.

“Por que vocês vão deixar as pessoas morrerem só porque não querem aplicar o pedido da família? Por quê? Pela misericórdia de Deus. Por que, médico?”, indaga sucessivas vezes o vereador. “Eu estou fazendo esse vídeo em desespero, gente. Eu não sei mais o que fazer. Eu estou preocupado, a minha família está em desespero”, acrescenta.

Abílio assevera que se seu tio ou seu avô falacerem sem o tratatamento requisitado, não irá perdoar o hospital. "Se vocês não atenderem o pedido da família, porque o médico acredita que isso não funciona, eu não vou perdoar, nunca"

Outro lado
O Leiagora ligou para o telefone do hospital, mas foi informado de que nenhum setor responsável por falar com a imprensa está disponível no momento.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet