Cuiabá, quarta-feira, 12/08/2020
00:20:45
informe o texto

Notícias / Geral

03/07/2020 às 07:18

Beneficiários do Renda Solidária receberão R$ 1 mil na segunda; lista sai nesta sexta

Aos que ainda não conseguiram regularizar a documentação, a Prefeitura abriu prazo de mais 10 dias

Eduarda Fernandes

Beneficiários do Renda Solidária receberão R$ 1 mil na segunda; lista sai nesta sexta

Prefeitura de Cuiabá

Foto: Davi Valle

Será divulgada nesta sexta-feira (3) a lista dos beneficiários do programa Renda Solidária, criado pela Prefeitura de Cuiabá. O pagamento começará a ser feito já partir da próxima segunda (6). Aos beneficiários serão pagos R$ 1 mil, o referente aos meses de maio e junho, de uma só vez.

No dia 6 de agosto será paga a terceira e última parcela, de R$ 500, referente ao mês de julho. A lista terá 954 nomes de trabalhadores das categorias dos feirantes, ambulantes, transporte escolar, carroceiros e catadores de recicláveis.

“Foi uma luta porque muitos trabalhadores não tinham conta. Os que tinham conta não podiam depositar porque estava devendo ao banco. Outros não tinham como abrir. Vocês não calculam a angústia para toda a comissão”, comentou Emanuel em transmissão ao vivo em seu Facebook, na tarde desta quinta-feira (2).

Aos trabalhadores que não conseguiram completar a documentação, a prefeitura irá abrir um prazo de 10 dias para que eles possam regularizar a situação e receber o auxílio.

O auxílio financeiro é destinado exclusivamente para as situações de primeira necessidade, sendo proibido o uso para a aquisição de bebidas alcoólicas, produtos a base de tabaco, cosméticos e combustível. O desenvolvimento do Renda Solidária será acompanhado por um comitê gestor formado por representantes de órgãos municipais e da Câmara de Cuiabá.

O valor total do investimento é de R$ 2.530.500, sem criar despesa aos cofres do Município. O remanejamento do recurso será feito da seguinte forma: R$ 660 mil da suspensão das verbas indenizatórias (VI) do prefeito, vice-prefeito e secretários; R$ 870,5 mil transferidos dos serviços administrativos da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária; e R$ 1 milhão de encargos de tarifas bancárias.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet