Cuiabá, quarta-feira, 12/08/2020
02:31:48
informe o texto

Notícias / Geral

04/07/2020 às 11:00

Em junho, MT teve 532 mortos e aumento de 556% nos casos de covid-19

Durante esse mês, Mato Grosso também registrou aumento de 746% no número de pessoas recuperadas da doença, sendo elas 5,8 mil dos 16,3 mil casos

Camilla Zeni

Em junho, MT teve 532 mortos e aumento de 556% nos casos de covid-19

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Seja pela aproximação e a chegada do inverno ou pelo período de epidemia da gripe no Brasil, o mês de junho foi, definitivamente, o mais letal para os mato-grossenses em relação à covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus).

Nesse período de 30 dias do mês, Mato Grosso viu crescer em 898% o número de casos fatais da doença. De 1º a 30 de junho foram registradas 532 mortes. É o maior número de vítimas desde o início da pandemia na região. 

De acordo com o levantamento realizado pela reportagem do Leiagora, o mês de junho também foi marcado pela maior taxa de recuperados da doença. Isso porque também foi nesse período em que a maior parte da população foi diagnosticada. Dos 2.485 casos de infecção detectados, o número saltou 556%, atingindo o total de 16.304 pessoas.

Em 30 dias também, 5.195 pessoas se recuperaram da covid-19. A história de uma dessas vítimas, o médico cirurgião Osmar Teixeira, de 67 anos, foi contada pelo Leiagora nessa semana. Ele passou três dias na Unidade de Terapia Intensiva depois de sentir muita febre, desconforto na garganta e perda de apetite. Confira o relato aqui.

Os dados, compilados das informações divulgadas pelo governo, ainda informam que foram registrados 274% de pacientes a mais internados nas unidades de saúde. No início do mês eles eram 159 vítimas, sendo que 78 demandavam cuidados na UTI. No dia 30 eles já somavam 595 pacientes, sendo que 287 pessoas estavam nos estágios mais graves da doença. A taxa de ocupação das UTIs fechou em 92,5% no dia 30.

A reportagem fez o comparativo do avanço da doença mês a mês, desconsiderando quando os dados ainda eram nulos. O resultado foi o demonstrado abaixo:

De março para abril:
  • Novos casos - 277 -  crescimento de 1.108% (em março eram 25)
  • Novos óbitos -  11 (em março não havia nenhum)
  • Novas internações - 16 (em março não havia nenhuma)
  • Novos recuperados - 181 - crescimento de 18.100% (em março havia só 1)

De abril para maio:
  • Novos casos - 2.183 - crescimento de 722%
  • Novos óbitos - 52 - crescimento de 427,7%
  • Novas internações - 143 - crescimento de 893,75%
  • Novos recuperados - 514 - crescimento de 282,4%

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet