Cuiabá, segunda-feira, 03/08/2020
04:40:52
informe o texto

Notícias / Leia Rápido

06/07/2020 às 19:40

Gestão (des)humanizada

Leiagora

Gestão (des)humanizada

Foto: Davi Valle

O que mais se ouve do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) é que ele realiza uma gestão humanizada, no entanto, algumas falhas mostram que não é bem assim. É o caso da exoneração de uma servidora em licença maternidade que era lotada no gabinete do vice-prefeito Niuan Ribeiro (Podemos), que teve a estrutura desmontada na semana passada.

Em nota, a prefeitura alegou que a exoneração se tratava de um erro, porém, até o momento, este erro não foi corrigido e a servidora vive na incerteza de que terá renda em plena sua licença maternidade com um filho pequeno. 

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Let Leviroli 06/07/2020 às 00:00

    Prefeito imbecil fazendo imbecilidades

  • Regina Toledo 06/07/2020 às 00:00

    Emanuel Pinheiro covarde em exonerar uma servidora de licença maternidade e acabar com estrututa do vice somente por retaliação política em plena pandemia os servidores irão passar necessidades financeiras é muita falta de amor ao próximo, empatia e falta de Deus.

  • Olinda 06/07/2020 às 00:00

    Gestão Humanizada não manda servidor embora por birra infantil com o Vice Prefeito que não aguentou ver tanta barbaridade e colocou a boca no trambone. Pena que o Alencastro e a Câmara tenha tanta gente recebendo do dinheiro do paletó, que agora já deve ser jaleco que possui muitos mais bolsos.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet