Cuiabá, domingo, 09/08/2020
19:29:22
informe o texto

Notícias / Geral

09/07/2020 às 09:30

Isolamento social cresce em Mato Grosso mas ainda segue longe do ideal

Taxas de isolamento, que costumavam ser de 24%, subiram para 40%, mas têm se mantido

Camilla Zeni

Isolamento social cresce em Mato Grosso mas ainda segue longe do ideal

Foto: Luiz Alves/Secom

Entre muitos altos e baixos, Mato Grosso tem apresentado crescimento na taxa de isolamento social durante os últimos dias, depois de quedas registradas nos meses anteriores. A análise é feita com base no sistema Inloco, utilizado também pela Secretaria de Estado de Saúde.

Pelas informações disponibilizadas, é possível destacar que a mudança brusca na taxa de isolamento se dá, principalmente, pela divisão dos dias da semana com os descansos das atividades no sábado e domingo.

A exemplo, enquanto no último domingo (5) o sistema apontou que ao menos 50% da população reduziu a movimentação nesse dia, na segunda-feira (6) a taxa caiu para 41,5%. Apesar disso, o número se demonstra mais elevado do que o registrado nos meses de maio e junho, ainda que o isolamento ideal para o momento seja acima de 60%. 


Leia também - Letalidade da covid-19 em Cuiabá é maior do que em 14 capitais

Em 8 de maio, por exemplo, o portal apontava taxa de isolamento em de 37%. Ela só não é menor do que o registro de 19 de junho, quando apenas 35,2% da população se manteve em quarentena.

Antes do início da pandemia na região, contudo, os índices eram ainda mais baixos. Em dias de semana, Mato Grosso chegava a registrar isolamento de apenas 24,1%, enquanto em fins de semana já se registrou 38,2%. Os dados consideram desde o dia 1º de fevereiro.

Quarentena obrigatória
Em razão do avanço da pandemia da covid-19 no estado, que se tornou epicentro da doença no Brasil, conforme a Fiocruz, a Justiça chegou a determinar quarentena obrigatória em algumas cidades, como Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis.
A determinação foi expedida nos dias 22 e 25 de junho, quando a média de isolamento foi calculada em 38%. Nessa última cidade, contudo, o Supremo Tribunal Federal derrubou a decisão na semana passada. 

De acordo com o levantamento do sistema Inloco, porém, apesar de estar com dados de isolamento mais altos do que nos meses anteriores, Mato Grosso não sentiu os efeitos práticos da decisão judicial. Isso porque, desde então, a menor taxa de isolamento, medida na última sexta-feira (3) foi de 38,7%. A melhor média foi atingida no dia 28 de junho, um domingo: 52,2%. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet