Cuiabá, quarta-feira, 12/08/2020
02:17:17
informe o texto

Notícias / Política

08/07/2020 às 18:19

Barranco prevê drible em professores e pode ir à Justiça

O parlamentar também alerta que a contratação dos interinos não exime o governador Mauro Mendes de pagar o auxílio emergencial

Eduarda Fernandes

Barranco prevê drible em professores e pode ir à Justiça

Valdir Barranco

Foto: Reprodução

O deputado estadual Valdir Barranco (PT) avalia que governo do estado só está se adiantando na contração dos interinos em função da luta da Assembleia Legislativa para amparar a categoria. Contudo, entende que “o governo está tentando dar mais um drible e ludibriar” a classe com essa medida, pois a contratação já deveria ter ocorrido em março.

“São esses mesmos professores que ele já deveria ter contratado em março e disse que não poderia porque iria incorrer em crime de improbidade. Como que agora ele pode?”, questiona, em entrevista ao Leiagora. Barranco entende que esses professores interinos já deveriam ter sido integrados aos efetivos para garantir educação de qualidade aos estudantes após a pandemia.

Leia também - Interinos serão contratados e aulas retomadas de forma não-presencial em 3 de agosto

O parlamentar também alerta que a contratação dos interinos não exime o governador Mauro Mendes (DEM) do cumprimento da Lei 11.157, que trata do auxílio emergencial de R$ 1,1 mil aos professores interinos do Estado de Mato Grosso.

“A lei deixa claro que ele tem que pagar desde o dia decreto de calamidade pública, que ele mesmo assinou e publicou, até o início da contratação ou, se não for contratado, até o fim do decreto, que é em setembro. Então desde março ele está devendo, pela lei. Para esses 2,5 mil professores interinos ele está devendo e eu espero que ele pague. Se não pagar nós vamos cobrar e se necessário ajuizar ações individuais na Justiça”, asseverou.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet