Cuiabá, sábado, 08/08/2020
16:25:43
informe o texto

Notícias / Leia Rápido

11/07/2020 às 08:15

Delação de Riva contra Silval

Leiagora

A juíza Célia Regina Vidotti, da Vara de Ação Civil Pública e Popular de Cuiabá, deu prazo de 10 dias para o Ministério Público do Estado (MPE) informar se vai usar ou não a delação premiada do ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, José Geraldo Riva, em uma ação contra o ex-governador Silval Barbosa e seus ex-secretários.

O despacho, assinado no dia 6 de julho, foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (9). Ele destaca que o acordo de colaboração de Riva, embora os fatos revelados permaneçam sob sigilo, teriam informações sobre diversos processos que tramitam no Poder Judiciário.

Dessa forma, a magistrada deu 10 dias para o MPE apontar se vai usar as revelações no processo em questão, que tramita em segredo de justiça. Nele, são réus o ex-governador Silval Barbosa, os ex-secretários Maurício Guimarães e Valdísio Viriato, e o ex-deputado Carlos Azambuja.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet