Cuiabá, domingo, 09/08/2020
19:01:01
informe o texto

Notícias / Política

14/07/2020 às 17:45

Para incentivar doação, deputado quer disponibilizar testes rápidos no Hemocentro

Elizeu Nascimento apontou que há poucos doadores nesse período de pandemia, enquanto internações continuam crescendo

Camilla Zeni

Para incentivar doação, deputado quer disponibilizar testes rápidos no Hemocentro

Foto: Tchélo Figueiredo/Secom

Um projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) pretende incentivar a doação de sangue no estado por meio de uma permuta. É que, pela proposta, o Hemocentro passaria a disponibilizar testes rápidos para covid-19 aos doadores.

A proposta partiu do deputado estadual Elizeu Nascimento (DC), que destacou que a pandemia do novo coronavírus acabou por abaixar ainda mais os estoques de sangue do banco estadual. 

O deputado apontou que Mato Grosso teve crescimento substancial no número de casos de covid-19 e óbitos pela doença, o que também impacta no número de pessoas internadas nos hospitais.

“Nesse sentido, visando fomentar a doação de sangue nesse período crítico de pandemia, apresento o presente projeto de lei, garantindo ao doador o fornecimento gratuito de testes rápidos (ensaios imunocromatográficos) para a pesquisa de anticorpos ou antígeno do SARS-COV-2 (novo coronavírus - covid-19) medida que, certamente trará relevantes contribuições para reposição e aumento do banco de sangue do MT Homocentro”, justificou o parlamentar.

Conforme o projeto, a aplicação do teste rápido é gratuita e deve ser feita por profissionais do Hemocentro. O resultado, seja positivo ou negativo, deve ser repassado para a Secretaria de Estado de Saúde e às secretarias municipais, por meio dos canais pré-estabelecidos.

Apesar de ser um incentivo ao aumento de doações, Elizeu frisou no projeto que o banco de sangue deve seguir o ritmo já impresso nessa pandemia, de agendamento para a doação. 

O deputado também justificou que o Estado não deverá ter ônus com o projeto uma vez que ele possibilita tanto aumentar o banco de sangue quanto a taxa de testagem para covid-19 na população. Cabe lembrar que, atualmente, Mato Grosso é um dos estados com o menor índice de testagens, segundo a Fiocruz.

O texto foi apresentado no plenário da Assembleia no dia 8 de julho e ainda deve tramitar pelas comissões até ser colocado para votação. Se aprovada, a proposta vai para a sanção do governador e, então, se torna lei estadual.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet