Cuiabá, quarta-feira, 23/09/2020
08:52:54
informe o texto

Notícias / Geral

29/07/2020 às 07:05

Apenas 10% dos casos confirmados de covid-19 em Cuiabá foram assintomáticos

Para o informe, foram considerados os casos registrados entre 14 de março a 25 de julho

Eduarda Fernandes

Apenas 10% dos casos confirmados de covid-19 em Cuiabá foram assintomáticos

Centro de Cuiabá

Foto: Luiz Alves / Prefeitura de Cuiabá

O Informe Epidemiológico divulgado nesta terça-feira (28) pela Prefeitura de Cuiabá aponta que 10% das pessoas que testaram positivo para o novo coronavírus na Capital foram assintomáticos. Para o informe, foram considerados os casos registrados entre 14 de março a 25 de julho, data em que Cuiabá chegou a 9.466 casos de covid-19.

Conforme o documento, entre os sintomáticos (8.482), os principais sintomas relatados foram tosse (1.519), febre (1.348), dor de garganta (1.060), cefaléia/dor de cabeça (813), perda ou alteração do paladar (642), perda ou alteração do olfato (629), desconforto respiratório (606), diarreia (590), dispneia (470) e mialgia (452).

O Informe traz, ainda, outras características dos casos de covid-19 de residentes em Cuiabá. Como, por exemplo, entre os casos confirmados, 53,7% são do sexo feminino. Além disso, quase a metade (48,6%) dos casos tinha entre 30 e 49 anos. Idosos representaram 15,6% (1.473) dos casos. Já crianças e adolescentes 4,5% do total.

Quanto à presença de comorbidades, 31,8% informaram não apresentar nenhum tipo. Entre os indivíduos que informaram comorbidades (6.458) isoladas ou associadas, prevaleceram a hipertensão arterial (991), diabetes mellitus (771), doença cardiovascular crônica (342), obesidade (125), doença pulmonar crônica (117), doença renal crônica (101) e neoplasia (35).

Internações

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, de 1º de abril a 25 de julho estiveram internados 1.501 indivíduos com covid-19 residentes em Cuiabá. Desses, 63% se recuperaram e receberam alta dentro desse período. Aproximadamente 35% das internações ocorreram em hospitais públicos.

A taxa de permanência hospitalar entre aqueles que já receberam alta ou foram a óbito foi de 8,7 dias, com tempo mínimo de um dia e máximo de 77 dias. O intervalo entre o início dos sintomas e a internação foi de 6,9 dias.

Entre todos os pacientes internados, 30,2% ocuparam leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o momento de internação até a alta ou óbito. Além disso, o Informe aponta que no momento da internação, 40,5% precisaram imediatamente de leitos de UTI, mas depois apresentaram melhora e, posteriormente, foram transferidos para leitos de enfermaria.

Entretanto, entre os pacientes que iniciaram o tratamento internados em leitos de enfermaria (893), 13,8% precisaram ser transferidos para leitos de UTI posteriormente. Fizeram uso de ventilação 336 indivíduos.

Pouco mais da metade dos indivíduos internados era do sexo masculino (53,2%) e entre as mulheres (702), 6,6% estavam gestantes.

A média de idade das pessoas que precisaram ser internadas foi de 54,8 anos. Dessas, 61,3% tinham 50 anos ou mais, tendo os idosos representado 40% das internações e crianças/adolescentes somente 1,4%.

Ainda entre os pacientes internados, 7,9% eram profissionais de saúde, sendo 51,7% da área de enfermagem e 25,4% médicos.

Cerca de 56% dos indivíduos internados disseram ter comorbidades. Entre as mais frequentes destacam-se hipertensão (595), diabetes mellitus (335), doença cardiovascular (216), doença renal crônica (72), doença pulmonar (65), neoplasia (42) e obesidade (17).

Cerca de 8% dos pacientes internados com covid-19 residentes em Cuiabá não apresentavam sintomas. Saturação moderada e grave foi verificada em 60% dos indivíduos internados. Para confirmação diagnóstica, menos de 60% (880) dos indivíduos hospitalizados fizeram o teste molecular (RT-PCR).

 
Com informações da Prefeitura de Cuiabá

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet