Cuiabá, sexta-feira, 14/08/2020
16:09:23
informe o texto

Notícias / Judiciário

30/07/2020 às 09:34

MP cria força-tarefa e lança campanha contra queimadas urbanas e rurais

Conforme a promotora de Justiça, o Município e a Sema passarão a emitir relatórios sobre as queimadas com mais frequência para subsidiar o trabalho realizado pela força-tarefa

Leiagora

MP cria força-tarefa e lança campanha contra queimadas urbanas e rurais

Queimada

Foto: MPMT

O Ministério Público Estadual (MPE) criou uma força-tarefa no município de Cáceres (a 217 Km de Cuiabá) para intensificar os trabalhos de fiscalização e combate às queimadas urbanas e rurais. Nesta semana, a Promotoria de Justiça do Meio Ambiente promoveu articulação com representantes da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Poder Judiciário (JUVAM), Corpo de Bombeiros e Secretaria Municipal de Fazenda (Sefaz) para definição de estratégias de atuação.

Segundo a promotora de Justiça Liane Amélia Chaves, além do trabalho de fiscalização e responsabilização dos infratores, a instituição também busca parcerias com a imprensa local para divulgação de campanha, entrevistas e matérias sobre o tema com intuito de informar a sociedade sobre as consequências da queimada ao meio ambiente e à saúde da população.

“Neste primeiro momento, a campanha busca reforçar os canais para denúncias. Além dos números da Ouvidoria do Ministério Público, estamos divulgando os números de contato do Corpo de Bombeiros e da Polícia Ambiental”.

Com o tema “O fogo pode fugir do controle, mas quem provoca não pode fugir das consequências”, o vídeo da campanha traz imagens que retratam os efeitos das queimadas na vegetação, na saúde dos animais e da população. Deixa claro também que provocar queimadas é crime e ressalta a importância da realização de denúncias.

Conforme a promotora de Justiça, o Município e a Sema passarão a emitir relatórios sobre as queimadas com mais frequência para subsidiar o trabalho realizado pela força-tarefa. A Promotoria de Justiça também vai contar com informações repassadas diariamente pelo projeto “Satélites Alerta”, desenvolvido por meio de uma parceria entre o Ministério Público e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

 
Com informações do MPMT

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet