Cuiabá, segunda-feira, 21/09/2020
02:06:39
informe o texto

Notícias / Geral

02/08/2020 às 17:29

Aulas do ensino regular serão retomadas nas unidades penais nesta segunda

Em Mato Grosso, cerca de 2.200 pessoas, entre homens e mulheres, estão matriculados no nível fundamental e médio

Leiagora

Aulas do ensino regular serão retomadas nas unidades penais nesta segunda

Foto: Christiano Antonucci

O Sistema Penitenciário de Mato Grosso vai retomar, na próxima segunda-feira (03.08), as aulas do ensino regular nas 39 unidades penais. Cerca de 2.200 reeducandos, entre homens e mulheres, estão matriculados nos níveis Fundamental e Médio. A retomada das atividades marca também o início da modalidade de Ensino A Distância (EAD).

As aulas presenciais foram suspensas em março, durante o início da pandemia da Covid-19. Na primeira quinzena, as aulas serão disponibilizadas apenas para os alunos já matriculados. A partir da segunda quinzena estará aberta para novos interessados. 

O conteúdo das aulas foi disponibilizado pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e coordenado pela diretoria da Escola Estadual Nova Chance, que também garantirá o envio das atividades impressas. Os professores que lecionam nas unidades vão trabalhar de forma remota prestando as orientações necessárias.

“O retorno das aulas garante a aprendizagem e tira os reeducandos da ociosidade. Vamos disponibilizar material impresso para estas aulas e, com isso, estamos iniciando o ensino a distância, o que considero uma evolução, já que estamos nos adaptando ao novo momento. Vejo esta retomada com olhar esperançoso para o Sistema e para os alunos”, enfatiza a coordenadora de Educação Penitenciária, Fabiana Flávia de Magalhães Nascimento. 

A Lei de Execução Penal concede, aos reeducandos que optam pelo estudo, a remição de um dia pena para cada 12 horas estudadas, sendo fracionada a cada três dias por quatro horas diárias.

Conclusão dos estudos

Em janeiro deste ano, 349 reeducandos foram aprovados no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Com o resultado, homens e mulheres privados de liberdade receberam o certificado de conclusão do Ensino Fundamental ou Ensino Médio. 

A participação no certame é voluntária e gratuita, destinada aos jovens e adultos que não tiveram oportunidade de concluir os estudos na idade apropriada.

 
Assessoria Sesp

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet