Cuiabá, quinta-feira, 13/08/2020
02:29:19
informe o texto

Notícias / Política

31/07/2020 às 09:00

Após duas semanas internado em SP, Maluf recebe alta e se trata em casa

Conselheiro fazia tratamento em um hospital particular de São Paulo desde 13 de julho

Camilla Zeni

Após duas semanas internado em SP, Maluf recebe alta e se trata em casa

Foto: Maurício Barbant/ALMT

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Guilherme Maluf, recebeu alta hospitalar na última quarta-feira (29) e já retornou para Mato Grosso. Ele estava internado no Hospital da Beneficência Portuguesa, em São Paulo, desde 13 de julho, em razão da covid-19.

De acordo com a assessoria do Tribunal de Contas, Maluf vai seguir com o tratamento em casa. Ele deverá passar por uma nova testagem para o novo coronavírus na próxima semana. 

O conselheiro foi para São Paulo logo no início da doença, após sentir os primeiros sintomas. A viagem, que foi feita em avião fretado com recursos próprios, seria uma precaução para caso houvesse piora no quadro. No entanto, segundo a assessoria havia informado, ele manteve quadro estável e não há informações de que ele tenha preciso de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Botelho também voltou
Na terça-feira (28), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM) anunciou que já retornava para casa. Ele também foi infectado com a covid-19 e procurou uma unidade de São Paulo por precaução.

Botelho, porém, foi internado no Hospital Sírio-Libanês, em uma ala semi-intensiva depois que os exames apontaram comprometimento de 50% do pulmão. Ele precisou de oxigênio, mas teve melhora no quadro e deixou a unidade poucos dias depois.

Além dos dois, outros políticos também foram contaminados com a covid-19. Na Assembleia Legislativa foram sete deputados: Botelho, Paulo Araújo, Thiago Silva, Wilson Santos, Max Russi, Delegado Claudinei e Faissal Calil.

No Executivo, o governador Mauro Mendes e os secretários Gilberto Figueiredo, Alberto Machado (Beto Dois a Um), Laice Souza e Allan Kardec (que retornou para a Assembleia Legislativa dias depois).

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet