Cuiabá, segunda-feira, 10/08/2020
23:09:47
informe o texto

Notícias / Agro e Economia

31/07/2020 às 20:00

Sem regulamentação, feiras retornam às ruas de Cuiabá nesta sexta-feira; vídeo e fotos

O decreto que regulamenta o retorno será editado somente na segunda, mas a prefeitura resolveu autorizar a permanência dos feirantes para evitar prejuízo

Alline Marques

Sem regulamentação, feiras retornam às ruas de Cuiabá nesta sexta-feira; vídeo e fotos

Foto: Rogério Cabeça de Urso

Mesmo sem o decreto que oficializa e regulamenta o segmento, os feirantes foram para as ruas nesta sexta-feira (31) em alguns bairros da cidade, dentre eles, no Jardim Imperial onde ocorre uma das maiores feiras e mais tradicional de Cuiabá. 

A equipe de reportagem do Leiagora esteve no local para acompanhar o retorno, mesmo sem a confirmação por parte da Prefeitura sobre a autorização. Em questionamento aos feirantes, eles alegaram que estavam autorizados pela secretária de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Débora Marques Vilar. 

Em nota, a prefeitura disse que uma equipe da pasta compareceu à feira do Jardim Imperial e também do Parques Cuiabá para dialogar com os feirantes e orientar sobre as medidas de biossegurança.

Os servidores também devem ir em outras feiras e apesar de não estarem liberados, a prefeitura optou por mantê-las abertas, mas com horários reduzidos para evitar causar prejuízods aos feirantes. 


"A gestão, marcada pela humanização, é solidária à situação da categoria de feirantes e trabalhadores informais e, diante disso, e pelo fatos de não ter se constatado aglomerações nos locais, excepcionalmente, as feiras irão funcionar com horário reduzido nesta sexta-feira (31), para evitar prejuízo financeiro aos feirantes", diz a nota. 

A assessoria confirmou ainda decreto municipal que regulamenta o funcionamento das feiras livres em Cuiabá deve ser publicado em Diário Oficial na segunda-feira (03).

Além disso, a assessoria de imprensa da prefeitura confirmou que houve uma denúncia junto à Secretaria de Ordem Pública e os fiscais foram até o local, mas não constataram aglomeração, pouca gente estavam cirulando e não ocorre o consumo no local em barracas de comida. 

Por outro lado, durante a reportagem, a equipe constatou que poucas barracas abriram, mas não há distanciamento para atendimento nas barracas, onde também notou-se aglomerações em algumas delas. Famílias inteiras e até crianças sem máscaras foram flagradas pela equipe. 

Sem o decreto, não há uma regulamentação sobre quais seriam as regras para a reabertura das feiras, mas dentre as medidas de biosegurança estão o fornecimento de álcool em gel, exigência da máscara, distanciamento e proibido aglomeração. 

Veja fotos e vídeos 



 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet