Cuiabá, sábado, 19/09/2020
18:17:31
informe o texto

Notícias / Judiciário

05/08/2020 às 18:10

MP aciona o Estado por atrasar reforma e fazer estudantes 'almoçarem em pé'

Órgão quer que Justiça obrigue o governo a terminar a obra e a fazer reparos na escola

Camilla Zeni

MP aciona o Estado por atrasar reforma e fazer estudantes 'almoçarem em pé'

Foto: Junior Silgueiro/Seduc

O Ministério Público de Mato Grosso acionou o governo do Estado na Justiça pelo atraso na reforma do refeitório da Escola Estadual Fernando Leite de Campos, localizada em Várzea Grande.
 
De acordo com o promotor Douglas Lingiardi Strachicini, um procedimento foi aberto ainda em 2018 para apurar falhas relacionadas à estrutura da escola.

Consta do documento que a construção do refeitório ficou paralisada por bastante tempo, de forma que já apresentava riscos para os alunos e aos profissionais, considerando a situação "insalubre" do espaço, conforme registrou o promotor.

Ele ainda pontuou que "os alunos estão realizando as refeições em pé, razão pela qual deve o Estado de Mato Grosso ser compelido a realizar as reformas e adequações necessárias".

O promotor observou que relatório técnico de inspeção sanitária, feito pela Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande, apontou 42 itens que precisam de atenção do Estado.

"As irregularidades constatadas também prejudicam os profissionais da educação que, diante dessas situações de desleixo, se desgastam muito mais para conseguir prestar um serviço de educação adequado", avaliou.

Por isso ele pediu que a Justiça conceda uma liminar determinando ao Estado a manutenção do refeitório da escola e as adequações pontuadas pela Vigilância, sob pena de multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet