Cuiabá, sábado, 19/09/2020
17:28:26
informe o texto

Notícias / Polícia

09/08/2020 às 11:00

Vizinhos acionam PM por desentendimento e acabam presos por desacato

O caso ocorreu na tarde desse sábado (8), no Bairro Lixeira, em Cuiabá.

Eduarda Fernandes

Vizinhos acionam PM por desentendimento e acabam presos por desacato

Algemas

Foto: Reprodução

Um desentendimento entre dois vizinhos, moradores do Bairro Lixeira, em Cuiabá, acabou fazendo com os dois fossem presos. Eles teriam desacatado os policiais que atendiam a ocorrência. O caso ocorreu na tarde desse sábado (8).

A polícia foi acionada via Ciosp para deslocar até uma residência da rua Américo Salgado, pois dois homens estavam próximo ao Edifício Glória com uma escada, possivelmente para cometerem furto, segundo a denúncia.

Leia também - Homem é preso após espancar mulher no centro de Rondonópolis

Quando a guarnição chegou ao local, encontrou os suspeitos e os abordou. Contudo, um dos homens confirmou ter acionado a polícia e informou ser morador do bairro. Disse que tem uma arma de fogo registrada e que, quando estava em sua residência, o alarme da cerca elétrica disparou e ele viu um homem que não conhecia em cima do muro. Nesse momento, efetuou os disparos.

O outro homem, por sua vez, disse ser vizinho do solicitante e contou que estava com uma escada no muro de sua casa para fazer “uns reparos”. Foi quando o vizinho solicitante efetuou os disparos e essa não seria a primeira vez que a situação acontece.

A guarnição então solicitou a arma ao solicitante, o qual apresentou um revolver Taurus, calibre 38, municiado com duas munições intactas, uma com a espoleta picotada e três deflagradas. Ele apresentou também o registro da arma.

No momento que a guarnição tentava se inteirar dos fatos e acalmar as partes, o vizinho que estava com a escada desacatou os policiais, dizendo frases como: “vão se fuder”. “Assim sendo, e diante das denúncias, foi dado voz de prisão de prisão a ambos, e foram encaminhados, juntamente com os materiais vinculados a central de flagrantes, para as demais providências cabíveis”, diz o boletim.

Foi necessário o uso de algemas na condução do suspeito por receio de fuga e perigo a integridade, pois ele estava exaltado. Já o solicitante encontrava-se calmo.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet