Cuiabá, segunda-feira, 21/09/2020
03:09:31
informe o texto

Notícias / Política

13/08/2020 às 07:00

Fávaro admite alterar suplentes em busca do apoio do grupo de governador

Atualmente, compõe a chapa encabeçada por Fávaro Margath Buzetti como primeira suplente e vereador Hélio Pichioni (PSD) como segundo suplente.

Kamila Arruda

Fávaro admite alterar suplentes em busca do apoio do grupo de governador

Foto: Assessoria

O senador interino Carlos Fávaro (PSD) admite a possibilidade de vir a alterar a composição de sua chapa para a disputa suplementar que ocorre deste ano. A intenção do social democrata é aumentar o seu arco de alianças que conta apenas com o Progressistas.

Atualmente, compõe a chapa encabeçada por Fávaro Margath Buzetti como primeira suplente e vereador Hélio Pichioni (PSD) como segundo suplente.
 
A fim de garantir o apoio dos partidos que integram a base aliada do governador Mauro Mendes (DEM), em especial o próprio Democratas (DEM), o senador pode vir a alterar os seus suplentes.

“O que tem de concreto é que continuamos unidos com o Progressistas, que tem uma indicação de suplência com a Buzetti. Nós seguimos na construção da ampliação desse arco de alianças, mas nenhuma mudança da composição da chapa estabelecida até momento, mas dialogando com o Democratas, com o MDB, Solidariedade bastante avançado nesses sentido, dialogando com o arco de alianças do governador e acredito que isso chegara a unidade”, explicou o social democrata.

Nos bastidores a conversa é que, para atrair o partido do chefe do Executivo Estadual, Fávaro já teria oferecido a primeira suplência para o ex-governaor Julio Campos, que desistiu de sua candidatura e ensaia apoiar o ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB) para a disputa ao Senado.

“A política e a arte de debate de conversa do dialogo. Eu acredito que, desde que as eleições suplementares foram estabelecidas em fevereiro, alias desde o julgamento em dezembro, eu busquei ampliar o debate, construir o que seja importante para oferecer a sociedade”, completou.

Apesar dos empecilhos, Fávaro ainda acredita no apoio de Mendes. “O grupo do governador Mauro Mendes elegeu governador e vice, elegeu o senador Jayme campos, e eu cheguei em terceiro colocado na eleição com 11 candidatos. Acho justo disputar a eleição com apoio desse grupo. Busco nesse momento de dialogo, a unidade do grupo do governador Mauro Mendes”, finalizou.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet