Cuiabá, sexta-feira, 25/09/2020
05:42:14
informe o texto

Notícias / Variedades

04/09/2020 às 10:12

Perlla rebate acusação do ex-marido: 'não sou prostituta virtual'

Cantora fez live para negar que trabalhasse de forma ilícita no aplicativo Bigo, mas não comentou o print de negociação de nudes divulgado pelo ex

Fábia Oliveira - O DIA

Perlla rebate acusação do ex-marido: 'não sou prostituta virtual'

Foto: Reprodução

Após Cássio Castilhol, ex-marido da Perlla, ter dado uma entrevista ao youtuber Bruno de Simone e revelar detalhes sobre a separação do ex-casal, na manhã dessa quinta-feira (3), a cantora fez uma live para contar sua versão dos fatos.

Perlla rebateu a acusação do ex, de que ela estaria vendendo nudes no aplicativo Bigo, o que foi rotulado pelo músico como 'prostituição virtual'. No entanto, Perlla não se pronunciou sobre o print divulgado pelo músico, em que ele afirma ser uma negociação dela com um homem do aplicativo que pagaria por nudes da cantora.  


"Sou uma mulher independente, trabalho pra caramba, faço muito publipost. Todas as marcas que eu posto é porque eu recebo um cachê. Não trabalho só com Bigo Live, também trabalho como influenciadora. Não sou prostituta. Trabalho como influenciadora nesse aplicativo e aqui (Instagram)", afirma Perlla, sem entrar no mérito do print da conversa que o ex divulgou. 

Ela defendeu o uso do aplicativo e tratou a plataforma como um trabalho sério. "O aplicativo não pode ter decote. Se eu entrar com decote é chamado ban. E se a gente leva ban perde a conta por 10 anos. O aplicativo é muito sério. É chinês e é o aplicativo número um em rendimentos. Esse aplicativo já tirou várias pessoas da depressão. É para pessoas que querem se comunicar, querem atenção. No meu caso, da Valesca (Popozuda), do Créu (DJ), a gente dança e canta, o Créu toca, outras meninas conversam, outras dançam, cantam, fazem maquiagem. [...] Se tiver alguma coisa que seja pornográfica, pedofilia, tabagismo, arma branca ou arma qualquer, o aplicativo abomina, não pode. Eu estou falando de um aplicativo sério e defendo algo que é lícito. Algo fora (nudes) é problema dela (das meninas que mandam nudes)."

A funkeira garante que o fato de Cassio ter saído de casa nada tem a ver com seu trabalho no aplicativo e sim com a cobrança financeira para que ele a ajudasse com os custos da obra da casa onde moravam.

"Ele não saiu (de casa) por conta do Bigo, como ele falou que eu estava fazendo coisas (vendendo nudes). Não! Foi porque eu cobrei a ele, disse que paguei o pessoal da marmoraria e perguntei no que ele podia me ajudar. Ele me disse: 'faz conta com o seu dinheiro, não faça com o meu'. Eu disse que nem eu e nem minhas filhas precisaríamos mais do dinheiro dele." 

Perlla ainda diz que o principal erro que cometeu em seu casamento foi ter tratado o ex-marido como filho. "Eu nunca cobrei nada do Cassio. Eu sempre fui lá e paguei. Eu considerava ele (Cassio) meu terceiro filho. Talvez eu tenha errado como mulher, porque a mulher tem que tratar o homem como homem. Mulher tem que mostrar pro homem que ele tem que fazer o papel dele de homem. Eu sou muito empoderada, então se eu tenho, eu posso tirar e posso ajudar, posso pagar. Eu sou assim, não fico esperando pelas pessoas."

Ameaça e arma de fogo

Ela também acusou o ex de ter uma arma de fogo em casa, mesmo sem autorização para o porte e afirmou que ele desejava sua morte. "Ele não tem liberação de porte de armas. Ele ainda não fez prova pra polícia, porque ele deseja fazer prova pra polícia.  Então ele tem essa arma lá. Todo tempo que ele me ameaça e diz que quer que eu morra, e ele tem uma arma ilícita dentro de casa, eu não espero nada de uma pessoa dessa. Eu tenho medo, mas não por mim. Pelas minhas filhas."

Guarda das crianças 

Pella nega que tenha decidido deixar as crianças com a avó materna no período em que estiver viajando a trabalho, em vez de deixar com o pai.

"Eu não falei que as meninas iriam ficar com a minha mãe. Eu falei que as meninas ficariam com ele no período em que eu vou viajar agora e, caso ele tivesse algum compromisso como academia, ou encontrar alguma namorada ou um trabalho, que ele poderia trazer as meninas aqui pra casa porque a minha mãe ficaria. E depois que ele terminasse todos os afazeres ele poderia voltar, buscar com a minha mãe e ficar com as meninas o tempo que ele quisesse. Em momento nenhum eu disse pra ele que elas não iriam pra lá."

Treta com o entrevistador

E após afirmar que foi bloqueada pelo youtuber Bruno de Simone, que fez a entrevista com Cassio, o influenciador usou suas redes sociais para negar a afirmação da cantora.

"A Perlla fez uma live dizendo que eu era amigo dela e bloqueei ela no WhatsApp e no Instagram. Eu quero dizer a ela que eu sempre tive amizade com o casal. Eu nunca bloqueei você, nem do WhatsApp e nem do Instagram. Se você quer passar suas informações e se manifestar, você está no seu direito, mas não minta porque você nunca foi bloqueada. Você tem o meu contato, então não tem porque trazer essa informação mentirosa para os seus fãs. Caso você queira direito de resposta, o canal está aberto". 

Apoio da sogra

Em seu Instagram, a cantora compartilhou um áudio de sua ex-sogra, Zilda. Nele, a mãe de Cassio Castilhol chora e lamenta as recentes atitudes do filho. "Tô muito triste, não estou reconhecendo meu filho. Você estava em paz, não estava procurando confusão. O tempo todo você estava deixando as crianças ficarem aqui. Não tinha necessidade de ele fazer isso não, né. O Cassio parece que está endemoniado. Ele está muito agressivo. Você tem toda razão", diz dona Zilda às lágrimas. 

 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet