Cuiabá, quarta-feira, 28/10/2020
14:10:05
informe o texto

Notícias / Política

15/09/2020 às 17:00

Fabio recua e Bussiki é indicado para vice de França

A decisão foi tomada pelo DEM após analisar o cenário político e o apoio ao ex-prefeito tem o respaldo do governador Mauro Mendes

Alline Marques e Kamila Arruda

Fabio recua e Bussiki é indicado para vice de França

Foto: Assessoria

O vereador Marcelo Bussiki (DEM) será o vice do apresentador Roberto França (Patriota). A escolha ocorreu na tarde desta terça-feira (15), após o suplente de senador Fabio Garcia recuar da disputa. 

Garcia não teria conseguido costurar alianças para o pleito, além disso, o ex-prefeito também leva vantagem nas últimas pesquisas. A decisão foi tomada pelo DEM após analisar o cenário político e o apoio ao ex-prefeito tem o respaldo do governador Mauro Mendes (DEM). 

A decisão foi anunciada meia hora antes da convenção do DEM que estava agendada para as 16h e acabou não sendo tanta surpresa porque a aliança já vinha sendo discutida há algum tempo. Inclusive, por conta das pesquisas que apontava França em segundo lugar. 

Em nota, o governador alegou que o momento é muito favorável ao ex-prefeito Roberto França e o DEM irá unir esforços pela candidatura dele. 

“Sabemos e defendemos toda a competência do nosso presidente Fábio Garcia, que sempre teve o meu total apoio no projeto para ser o candidato do partido. Mas, acima de tudo, pensamos no bem maior que é Cuiabá e nesse momento político, o cenário é muito favorável a Roberto França, que também é um ótimo nome”, afirmou Mauro. 


 

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Eli 16/09/2020 às 00:00

    O Fábio não recuou nada. O França não quis ele como vice , por não ter 1% dos votos nas pesquisas e não tem e não terá mesmo. Em 2018 disse pra todo mundo que não queria mais saber de politicagem e agora tá aí querendo uma vaguinha no governo. Sem noção esse povo. Acha que a gente não sabe o que aconteceu e acontece. Preguiça de gente oportunista

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet