Cuiabá, sábado, 31/10/2020
20:57:26
informe o texto

Notícias / Política

24/09/2020 às 18:08

Leitão defende redução de parlamentares e prevê queda de R$ 5 bi em 4 anos

Leiagora

Leitão defende redução de parlamentares e prevê queda de R$ 5 bi em 4 anos

Foto: Assessoria

Em campanha para o Senado, o ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB) retomou o debate referente a um projeto de sua autoria que prevê a redução no número de parlamentares. A proposta estabelece também limites nos gastos dos deputados estaduais durante exercício do mandato. O valor seria de 50% do que é pago aos deputados federais.  

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 431/2018, apresentada em julho de 2018, estabelecia a redução do número de 81 senadores para 54, sendo 2 representantes por Estado, além de diminuir de 513 para 395 deputados federais. Nos Estados, a ideia é baixar o número de 1.200 deputados estaduais para 800. 

“Se é para o Congresso fazer as reformas, que se começe pelo Poder Legislativo, reduzindo o número de deputados estaduais, deputados federais e senadores. Mesmo o Legislativo sendo o menor orçamento, comparado ao Judiciário e Executivo. O impacto da economia alcançada com a proposta é de R$ 5 bilhões durante o período de um mandato", afirmou.

No entanto, Leitão destaca que a redução também tem que ser estendida 
para o Executivo e Judiciário para que a economia aumente mais ainda. Além do Brasil, que precisa diminuir os gastos públicos e o tamanho da máquina admistrativa, a Itália também segue por esse caminho.

No dia 21 de setembro, o país aprovou por referendo a redução do número de parlamentares, reduzindo em um terço as cadeiras do Congresso italiano, passado de 945 para 600 membros na próxima legislatura. 

A PEC 431/2018, de autoria de Nilson Leitão, está em trâmite na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados, sob relatoria do deputado federal Kim Kitaguiri (DEM/SP). Já a PEC 429/2018, que limitava os gastos dos deputados estaduais, foi arquivada pela Mesa Diretora da Câmara Federal. Porém, a ideia seria reapresentá-la. 

 
Da assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet