Cuiabá, quarta-feira, 28/10/2020
02:13:51
informe o texto

Notícias / Política

16/10/2020 às 14:29

Nova resolução mantém horário reduzido de expediente na ALMT até o dia 29

Medida é necessária em razão do alto aquecimento do sistema central de ar-condicionado

Leiagora

Nova resolução mantém horário reduzido de expediente na ALMT até o dia 29

Foto: Giuseppe Feltrin / Leiagora

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, em nova resolução administrativa, a de número 059/2020, assinada nesta quinta-feira (15) pelo presidente da Casa de Leis, deputado Eduardo Botelho, prorrogou para o período de 19 a 29 de outubro o funcionamento do Parlamento em condição de horário especial, das 7h às 13h.

Medida idêntica havia sido adotada pela Mesa Diretora para o período de 8 a 16 de outubro, em função do aquecimento do sistema central de ar-condicionado da Assembleia Legislativa neste período de calor intenso.

É a segunda mudança neste sentido por conta de o sistema de refrigeração central do Edifício Dante Martins de Oliveira, sede da ALMT, ter mais de 15 anos de funcionamento e, “apesar das constantes manutenções preventivas e corretivas, as altas temperaturas externas do ambiente têm provocado sobrecarga nos equipamentos, que operam acima da sua capacidade”, diz trecho da resolução.

O parágrafo único do artigo 1º da resolução administrativa diz que o expediente da Supervisão de Qualidade de Vida, as perícias e a unidade de atendimento à Covid-19 permanecem inalterados. O artigo 2º diz que “fica autorizado o desligamento dos equipamentos de refrigeração com a finalidade de preservação dos mesmos após o horário de encerramento do expediente”.

Na resolução administrativa, a Mesa Diretora argumenta ainda que o sistema de refrigeração do Parlamento não tem apresentado rendimento satisfatório para um ambiente de trabalho confortável e que uma eventual perda dos equipamentos teria como consequência a paralisação de todas as atividades na Assembleia Legislativa, “haja vista a indisponibilidade de peças de reposição no mercado em decorrência da idade dos equipamentos”.

 
Assessoria ALMT

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Emerson Santana de Almeida 18/10/2020 às 00:00

    Piada Né,Como Sempre! Correu se o Ano,e Este Renomado Templo Romano e Seus Canseiras e Custosos Habitantes Mandantes, Como a Décadas, Fizeram o Mais do Mesmo,Gastando Fortunas Com Mídia Pra Vender Conversa, e Cocando as Bolas, a Custos Imorais a Sociedade Mato Grossense!! Trabalhassem Sem Ar,Com as Janelas Abertas!!! 75% da População do Estado, Não Tem Condições Pra Pagarem Uma Conta de Luz,Com Ar Condicionado,Pra Infelizmente Ter Que Pagar, Pós Treis Poderes, Prestarem Um Péssimo Serviço a Sociedade e Um Atendimento de 5° Categoria a Comunidade de Mato Grosso!

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet