Cuiabá, terça-feira, 27/10/2020
11:38:39
informe o texto

Notícias / Entrevista da Semana

18/10/2020 às 08:00

Consultor fala sobre a reinvenção das empresas na pandemia e como ter lucros

O especialista adianta que os clientes vão continuar consumindo, mas é preciso estar preparado para continuar atendendo

Leiagora

Consultor fala sobre a reinvenção das empresas na pandemia e como ter lucros

Foto: Montagem Leiagora

Não é novidade que a pandemia da Covid-19 causou uma crise no mundo empresarial, alterando o funcionamento e a dinâmica das empresas, fazendo os empreendedores se reinventarem. Com a reabertura do comércio e liberação de algumas atividades econômicas, a adaptação continuou e junto com ela o medo e a insegurança desse novo momento. Para falar sobre o recomeço e dar dicas aos empresários para enfrentar essa nova fase, o Portal Leiagora/Playagora conversou com o consultor empresarial, Alsemir Castro. 

Leiagora - A princípio, o fechamento total das atividades econômicas deve ter causado um susto aos empreendedores, mas agora eles enfrentam os desafios de reabrir as portas e manter uma empresa viva, neste “novo normal”. É possível garantir que o empreendedor vai conseguir vencer esse novo desafio? 

Alsemir Castro - Os efeitos da pandemia foram sentidos nos nossos bolsos, mas agora estamos vivendo a retomada economia. Lógico, que durante esse período de fechamento, algumas empresas foram mais impactadas que as outras, mas, no geral, todos nós ainda estamos vivendo os efeitos da pandemia e estamos pagando o preço dela. Como por exemplo os segmentos de eventos, academias, restaurantes, principalmente aqueles que não estavam preparados para o delivery, eles sentiram muito durante o processo mais agudo da pandemia, mas agora vejo que eles estão em uma retomada gradual, não só econômica, mas também dos clientes em seus negócios. 

Leiagora – Nesse processo temos duas realidades: adaptar as empresas as novas medidas de segurança sanitária e ao uso da internet para vendas, que ainda não era muito utilizada pelos empresários no negócio antes da pandemia. Quem não souber se adaptar a essa nova realidade pode se prejudicar?

Alsemir Castro – Neste ano, o e-commercer cresceu 18%. Isso é algo surpreendente em relação a crescimento e a previsão para o ano de 2021 é crescer mais 22%. Então, o empresário que não passou ou não esteja passando por uma transformação digital na empresa já está para trás e está totalmente por fora do mercado. O fato de migrar o negócio para o universo digital vai fazer muita diferença, inclusive nas vendas de final de ano. A previsão de crescimento no comércio tradicional nos três últimos meses é de 5%, mas se o empresário não tiver uma presença digital para apoia-lo nesse processo de retomada vai ficar cada vez mais difícil. Então a dica é criar um projeto digital na loja e comece a avançar no negócio. 

Leiagora – O senhor é especialista em comportamento empresarial, quais são as outras mudanças que o empresário pode fazer sobreviver nessa retomada, além da internet?

Alsemir Castro – O que eu vejo é que alguns empresários colocam muita responsabilidade aos fatores externos ao seu negócio. É lógico que a pandemia afetou os negócios, mas é importante que o empreendedor olhe para dentro da sua própria empresa. Existem alguns comportamentos que não dependem dos fatores externos e que podem ajudar a melhor a negócio, por exemplo, o monitoramento. Alguns empresários não possuem o costume de acompanhar o seu negócio.

Outro exemplo são as metas. Então, existem alguns fatores que são comportamentais e que afetam o resultado da empresa. Não adianta ficar reclamando e culpando a pandemia e os fatores externos, precisamos cuidar dos fatores internos e isso tem muito a ver com o comportamento do empresário. Se o empreendedor mudar o seu comportamento, ele terá bons resultados. 

Leiagora – E para isso, o empresário precisa mudar a mentalidade e ter a certeza que precisa de ajuda, porque existem muitos empreendedores que acham que sabem como lidar, mas as coisas mudaram, principalmente com a pandemia. 

Alsemir Castro – Temos que observar que a pandemia tem o seu viés positivo e vejo uma possibilidade de algumas empresas se reinventarem agora. No mercado existe inúmeras novas possibilidades e tem muita gente ganhando muito dinheiro em um cenário como esse. Precisamos abrir a nossa cabeça, porque os clientes vão continuar consumindo e precisamos estar preparados para continuar atendendo. 

Leiagora – É nesse momento que entendemos a diferença entre empresário e empreendedor?

Alsemir Castro – O empreendedor é aquele que pega um produto, serviço ou oportunidade e transforma em dinheiro. O empresário pode ir ali abrir um CNPJ e já tem um negócio em andamento. O que posso dizer é que temos um cenário todo a nossa disposição basta nos prepararmos cada vez mais e aproveitá-lo.

Leiagora – Pode ser que cada um tem um pouco de empreendedor em si e não sabe, mesmo diante de uma crise? 

Alsemir Castro – Tenho alguns clientes que se surpreenderam com a sua própria capacidade de reverter o quadro diante desse cenário de crise, como por exemplo, um restaurante que sofreu bastante com os efeitos da pandemia, mas que nos últimos meses está crescendo 10%. Então, existem empresários que estão definhando e até fechando seus negócios, porém existem caso de empresários que estão arregaçando as mangas, olhando para dentro do seu negócio, mudando os processos, colocando novos serviços e crescendo diante desse cenário. Temos que  mudar a nossa atitude e trabalhar para ter melhores resultados. 

Leiagora – Qual a sua dica para o empresário que está perdido nesse novo momento no mercado empresarial?

Alsemir Castro – O empresário deve buscar ajuda externa, porque quando eu estou doente eu procuro um médico. A mesma forma acontece em uma empresa, o empreendedor deve procurar uma consultoria, mas também visitar outros empresários e não fique tão dentro da empresa, pois a solução pode estar em outro lugar e na medida que vamos conversando com outras pessoas surgem novas ideias e possibilidades.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet