Cuiabá, terça-feira, 24/11/2020
19:09:43
informe o texto

Notícias / Geral

22/10/2020 às 17:38

Aluna de Cuiabá é a única brasileira a ocupar o cargo de embaixadora de Yale

Uma comitiva formada por 23 estudantes de Cuiabá participou do Simpósio de Relações Internacionais em Yale.

Leiagora

Aluna de Cuiabá é a única brasileira a ocupar o cargo de embaixadora de Yale

Foto: Arquivo Pessoal

Uma comitiva formada por 23 estudantes de Cuiabá participou do Simpósio de Relações Internacionais em Yale. Os jovens participaram de palestras e workshops sobre política internacional, tecnologia, saúde, direitos humanos e meio ambiente.

O grupo é de alunos do Colégio Maxi e dentre eles está a embaixadora no Brasil da Yale Model United Nations, Maria Fernanda Pires Santana, aluna do 1º ano do Maxi High School, programa de ensino com currículo americano.

A participação do Maxi no Simpósio veio a convite da aluna Maria Fernanda, que recebeu o título de embaixadora no final de agosto. Como uma de suas responsabilidades está o compartilhamento de notícias e incentivo à participação de eventos e atividades da Universidade de Yale.

Aluna do Maxi desde o 6º ano do Ensino Fundamental II, a jovem é a única estudante brasileira a ocupar o cargo de embaixadora da universidade americana em 2020.

“Assim que soube do Simpósio convidei o Maxi a participar. Fiquei muito feliz pelo interesse dos colegas e por termos formado uma delegação com tantos alunos. Acredito que o que eu quero para mim, desejo para outras pessoas também. Foi uma oportunidade de aprendizado incrível com pessoas de diferentes nacionalidades e culturas”, conta Maria Fernanda.

Organizado por alunos da universidade americana, o Simpósio é patrocinado pela Associação de Relações Internacionais de Yale. O evento reúne estudantes do Ensino Médio ao redor do mundo para discussões com temáticas globais, além da apresentação de carreiras e oportunidades voltadas para a política internacional. Este ano o tema foi “Relações Internacionais em um Mundo Dividido: Bridging the Rift”.

Maria Fernanda destaca as palestras sobre direitos humanos e com um sobrevivente do genocídio em Ruanda, na África, como um dos melhores momentos do Simpósio. “Fiquei muito emocionada com o relato. Ao mesmo tempo que foi triste, também foi inspirador, porque ele nos mostrou a importância de se reerguer e seguir em frente apesar de tantas dificuldades. O Simpósio todo foi muito melhor do que eu imaginava”, relata a estudante.

Além das palestras e workshops, o Simpósio contou com uma “mentoria” com alunos da Yale sobre a vida na universidade, o processo de candidatura a vagas e as experiências na instituição. Para a Coordenadora do Middle e High School do Maxi, Danielle Breier, este foi um dos momentos mais marcantes do evento.

“São alunos realmente apaixonados pela universidade. Foi um dia de muito aprendizado e ensinamento, tivemos a oportunidade de ter palestras com pessoas que possuem experiência em diversas áreas como Relações Internacionais, Ciência, Paz e até na Organização das Nações Unidas (ONU)”, completa Danielle.

Após a participação no Simpósio, Maria Fernanda, aguarda pela realização da Conferência da Universidade de Yale, prevista para janeiro de 2021, e que contará com simulações da ONU. Por conta da pandemia do novo coronavírus, o evento também será virtual. A Conferência marcará o encerramento do mandato da estudante como Embaixadora no Brasil da Yale Model United Nations.

 
Da Assessoria 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet