Cuiabá, quinta-feira, 26/11/2020
07:44:58
informe o texto

Notícias / Judiciário

23/10/2020 às 16:34

Justiça bloqueia R$ 22,4 milhões de Dilceu em ação de mensalinho na AL

O caso foi denunciado pelo Ministério Público do Estado

Camilla Zeni

Justiça bloqueia R$ 22,4 milhões de Dilceu em ação de mensalinho na AL

Foto: Reprodução

O ex-deputado estadual Dilceu Dal'Bosco teve R$ 22,4 milhões indisponibilizados pela Justiça Estadual, por suposta participação em esquema de mensalinhos na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. 

O caso foi denunciado pelo Ministério Público do Estado, com base nas delações premiadas do ex-governador Silval Barbosa e do ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), José Riva.

Segundo a denúncia, Dilceu Dal Bosco recebeu R$ 4.160.000 entre 2003 e 2011, que em valores atualizados significam R$ 22.473.495,34. O montante é resultado de 96 meses de mensalinho ele teria recebido entre R$ 40 mil e R$ 46,6 mil mensais. 

Conforme a delação de Silval, os esquemas na Assembleia duraram de 2003 a 2012, sendo que, por meio dos contratos, os deputados faziam retorno de 15 a 25% dos valores que eram pagos e de 30% a 50% no caso de aditivos. Cabia a ele e ao então deputado estadual José Riva repartir a propina através de mensalinhos, segundo a denúncia.

Por conta do esquema, o Ministério Público pediu o bloqueio de R$ 22,4 milhões, o que foi acatado pelo juiz Bruno D'Oliveira Marques, da Vara de Ação Civil Pública e Popular de Cuiabá, nessa quinta-feira (21).

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet