Cuiabá, domingo, 29/11/2020
04:08:28
informe o texto

Notícias / Política

27/10/2020 às 19:16

Em visita surpresa à Secretaria da Mulher, Abílio aponta desvio de finalidade de recursos

O objetivo era saber quais trabalhos são realizados pela pasta e o motivo de servidores que foram da Secretaria dos 300 Anos terem sido pagos com recursos da Secretaria da Mulher

Leiagora

Em visita surpresa à Secretaria da Mulher, Abílio aponta desvio de finalidade de recursos

Foto: Reprodução

O candidato à Prefeitura de Cuiabá, vereador Abílio Junior (Podemos), fez uma visita surpresa na Secretaria da Mulher de Cuiabá nesta terça-feira (27). O objetivo era saber quais trabalhos são realizados pela pasta e o motivo de servidores que foram da Secretaria dos 300 Anos terem sido pagos com recursos da Secretaria da Mulher.

Em vídeo publicado nas redes sociais, Abílio mostra um princípio de confusão e justifica a gravação dizendo que se trata de uma questão de transparência. O candidato garante que entrou no prédio pela recepção, mas um homem afirma que o vereador entrou pelo estacionamento sem se identificar.

Leia também - Mais de 100 prefeitos, vices e candidatos à prefeitura apoiam Leitão

Após os ânimos acalmarem um pouco, o parlamentar indaga a secretária interina da pasta, Elis Regina Prates, quais funções são desempenhadas pelas pessoas que ali trabalham e quais políticas são desenvolvidas. Elis cita a criação de um espaço para atendimento da mulher vítima de violência doméstica, palestras, treinamento e capacitação.

Abílio então pergunta a Elis se usar recursos da Secretaria da Mulher para quitar restos a pagar da Secretaria dos 300 Anos não seria desvio de finalidade do dinheiro. Ela responde que não vê dessa forma. “Eu não entendo dessa forma como desvio. Porque na verdade tem o recurso que é para a manutenção e tem para as políticas públicas. E nós, em nenhum momento estamos mexendo em recurso que vai impedir que gente continue o nosso trabalho, pelo contrário”, explica Elis Regina Prates, secretária interina da pasta.

O vereador reitera o questionamento sobre a pasta ter sido usada para pagar verba indenizatória de servidores que foram da Secretaria dos 300 Anos. Neste momento, uma nova confusão tem início quando pessoas que acompanham a série de indagações auxiliam a secretária nas respostas. Todos falam juntos e Abílio cobra de um homem que se identifique, argumentando que enquanto servidor público ele deve atender sua solicitação de vereador. O homem, que também filma Abílio, não responde.

O candidato aponta que a Secretaria da Mulher não deveria ser usada para essa finalidade e acusa a pasta de ser um “cabidão de empregos” e diz que as pessoas que o acompanham enquanto desce as escadas são “atoas” e “pau mandado”.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • yasmmintamara@gmail.com 28/10/2020 às 00:00

    yasmmintamara@gmail.com

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet