Cuiabá, segunda-feira, 23/11/2020
17:55:32
informe o texto

Notícias / Esporte

29/10/2020 às 15:09

Remanejamento de vagas vai aumentar número de beneficiados com bolsa-atleta

As vagas remanescentes serão ocupadas dentro das limitações orçamentárias.

Leiagora

A Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) vai remanejar as vagas não preenchidas do programa Olimpus para aumentar o número de atletas beneficiados pelo bolsa-atleta. As vagas remanescentes serão ocupadas dentro das limitações orçamentárias.

Na categoria Base Olímpica serão beneficiados os atletas que participaram da última etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, Jogos Escolares Brasileiros e Paralimpíadas Escolares Nacionais, que nas disputas obtiveram da sétima à décima colocação. Os atletas também devem continuar a treinar e participar de futuras competições oficiais no ano subsequente, representando o Estado de Mato Grosso. 

Entre os atletas que obtiveram da quarta a sétima colocação e que continuem em atividades esportivas oficiais, de cada equipe serão selecionados pelo técnico e por um representante da secretaria adjunta de Esportes da Secel os atletas de destaque que receberão a bolsa.

Para atleta destaque serão priorizados aqueles com idade entre 12 e 16 anos que participaram da última Etapa Estadual dos Jogos Escolares da Juventude ou Jogos Escolares Mato-grossenses organizados pela Secel. As vagas remanescentes serão disponibilizadas para os atletas que participaram do calendário oficial de competições estaduais organizadas pelas Federações Desportivas Mato-grossenses, nas modalidades coletivas e individuais, forem escolhidos pela direção técnica e de arbitragem da modalidade, com validação Secel como destaques nas respectivas modalidades.

Na categoria Atleta Nacional, a modalidade Individual terá esportistas com idade a partir de 14 anos, de modalidades preferencialmente olímpicas e paralímpicas disputadas no ano anterior do principal evento da temporada preestabelecido no calendário de sua respectiva Confederação e ratificados no edital da Secel ou que integrem o ranking nacional final da temporada. Nesses casos, serão considerados da primeira à 6ª sexta colocação.  Os atletas também devem continuar a participar de futuras competições oficiais nacionais no ano subsequente, representando o Estado.

Também em nível Nacional em modalidade Coletiva, terão atletas a partir de 14 anos preferencialmente olímpicas e paralímpicas que participaram no ano anterior do principal evento da temporada preestabelecido no calendário de sua respectiva Confederação e ratificado no edital da Secel.  Para isso, os atletas precisam obter da primeira à terceira colocação, sendo selecionados pelo técnico da equipe e com validação da Secel, entre os três atletas de destaque que receberão a bolsa e que continuem a participar de futuras competições oficiais nacionais no ano subsequente, representando Mato Grosso.

A bolsa-atleta poderá sofrer alterações de acordo com a dotação orçamentária do Fundo de Desenvolvimento Desportivo do Estado de Mato Grosso (FUNDED) e da Secel, conforme previsão na Lei Orçamentária Anual.

 
Assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet