Cuiabá, sexta-feira, 23/07/2021
14:52:53
informe o texto

Notícias / Política

12/11/2020 às 16:00

Euclides defende inclusão da educação financeira no currículo escolar

Candidato ao Senado afirmou em entrevista que a proposta está incluída na Lei do Nome Limpo, principal bandeira de sua campanha

Leiagora

Euclides defende inclusão da educação financeira no currículo escolar

Foto: Assessoria

Para solucionar o problema dos mais de 70 milhões de endividados no Brasil o candidato ao Senado, Euclides Ribeiro (Avante) defende a aprovação do Projeto de Lei 3515/2015, batizado por ele de Lei do Nome Limpo, que prevê a possibilidade de o cidadão renegocie suas dívidas de forma justa e que pague seus credores de acordo com sua capacidade. Segundo ele, isso resolve os problemas do presente, e para que este problema não volte no futuro, Euclides propõe a implantação da educação financeira nas escolas, para que desde cedo, as crianças saibam da importância de cuidar bem do dinheiro.

O PL supracitado, também conhecido como PL do Superendividamento, prevê a inclusão e o fomento de ações visando a educação financeira o que significa até a inclusão do tema no currículo escolar e em campanhas publicitárias destinadas aos consumidores. Historicamente, o que motivou o PL foi a má-administração da população brasileira com o próprio dinheiro, graças à péssima cultura financeira que possui.

“Em 2010 em fazia palestra sobre este assunto e dizia, ‘somos 40 milhões de endividados’, e agora, dez anos depois, este número quase que dobrou, é claro que a crise econômica influenciou, mas o que também pesa é que o brasileiro não aprendeu a cuidar do seu dinheiro. E para resolver isso, precisar oferecer educação financeira para a nossa população, nós saímos da escola sem saber a diferença de juros simples e juros composto, sem saber o que é taxa efetiva e o que é taxa nominal, isso precisa mudar e vai mudar com o nosso trabalho na aprovação desta lei”, defendeu Euclides Ribeiro durante entrevista a TV Única News.

Segundo ele, este é um dos motivos para que o brasileiro entre em dívidas e financiamentos impagáveis, o consumidor endivida-se e não consegue sair da enorme bola de neve que se forma, pois não recebeu a orientação necessária para cuidar do próprio dinheiro. “O sistema financeiro não perdoa ninguém, se você não der conta de pagar ele toma seus bens”, dispara.

Para Euclides a lei permitirá que os CPFs se recuperem, assim como os CNPJs fazem com a Lei de Recuperação Judicial. “Eu consegui salvar mais de duas mil empresas e duzentos mil empregos porque a lei me permitiu fazer isso, e assim que a Lei do Nome Limpo for aprovada, todo brasileiro endividado terá o direito garantido por lei de renegociar suas dívidas de acordo com sua capacidade de pagamento, e não como o sistema financeiro quer”, finalizou.

 
Da Assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet