Cuiabá, sexta-feira, 23/07/2021
14:01:51
informe o texto

Notícias / Política

15/11/2020 às 13:00

Reinaldo critica velha política e taxa de ‘infeliz’ apoio de Bolsonaro à coronel

Ele votou na manhã deste domingo (15), no Colégio Maxi, em Cuiabá

Da Redação - Eduarda Fernandes / Reportagem local - Edyeverson Hilário

Reinaldo critica velha política e taxa de ‘infeliz’ apoio de Bolsonaro à coronel

Foto: Edyeverson Hilário / Leiagora

Reinaldo Morais (PSC), candidato ao Senado Federal, se diz feliz com o encerramento do período de campanha. Em entrevista à imprensa, ele afirma estar de coração limpo e alma leve por apresentar propostas, não fazer uso do fundo eleitoral e sem “conchavos e sem outros interesses que não seja abençoar vidas”. Ele votou na manhã deste domingo (15), no Colégio Maxi, em Cuiabá.

Sobre a decisão do presidente da Jair Bolsonaro de apoiar a candidatura da coronel Fernanda (Patriota), Reinaldo avalia como infeliz. “Ele tem uma força muito grande no Brasil e no Estado de Mato Grosso e, infelizmente, a maneira que ele acabou escolhendo uma candidatura que, talvez, não representasse os anseios da população de Mato Grosso. Mas ele tem a liberdade de escolha, é o presidente da República e lógico que qualquer candidato seria muito honrado em ter o apoio dele”.

Leia também - 

Candidato pela primeira vez, Reinaldo admite que se surpreendeu negativamente com o jogo político. “De ver toda essa estrutura, tudo o que é feito nos bastidores da política e que muitas vezes não chega ao conhecimento da população”, comenta.

Neste sentido, o empresário avalia que a disputa eleitoral é mais econômica que de propostas. Apesar disso e do resultado das pesquisas que não o coloca com chances de vencer a eleição, ele declara não mudaria a forma como conduziu sua campanha. “Eu não me aliaria a essa maneira da velha política de fazer política. Independente do resultado da eleição, nós saímos daqui vitoriosos”.

Reinaldo conta que se tivesse entrado na disputa somente pelo poder, poderia simplesmente ter aceitado o convite que recebeu, segundo ele de todos os adversários, para ser suplente nas chapas concorrentes. “Os candidatos que, teoricamente, teriam mais chances eleitorais, mas justamente não me aliei a eles por não me acreditar na maneira e nos princípios e valores que eles defendem”.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet