Cuiabá, quarta-feira, 02/12/2020
20:23:32
informe o texto

Notícias / Política

19/11/2020 às 17:24

Campanha em VG movimenta R$ 4,6 milhões e candidatos terminam endividados

Isto porque, os recursos angariados pelo emedebista durante o processo eleitoral, não cobriram as despesas contraídas.

Kamila Arruda

Campanha em VG movimenta R$ 4,6 milhões e candidatos terminam endividados

Foto: Assessoria

A soma das despesas de campanha dos candidatos a prefeito de Várzea Grande chega a quase R$ 5 milhões e enquanto alguns terminaram com dinheiro em caixa, outros ficaram com dívidas. É o que aponta a prestação de contas apresentadas até o momento no sistema de divulgação de candidatura do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

O ex-vereador Kalil Baracat (MDB) conquistou a Prefeitura de Várzea Grande no último domingo (15), porém, encerrou a campanha eleitoral com uma dívida de R$ 580.513,83 mil. Isto porque, os recursos angariados pelo emedebista durante o processo eleitoral, não cobriram as despesas contraídas.

No total, o novo chefe do Executivo Municipal arrecadou R$ 1.170.216,66 milhão, porém, as despesas chegaram a R$ 2.286.730,49 milhões. A tendência, entretanto, é que novos recursos sejam debitados conta de campanha de Kalil até o final desta semana, tendo em vista que ainda não encerrou o prazo para a prestação de contas.

Kalil Baracat foi eleito prefeito de Várzea Grande com 46,12% dos votos validos, o que representa 50.918 votos. O empresário Flávio Frical (PSB) ficou na segunda colocação com 44.176 votos. 

Ao contrário do candidato eleito, o socialista fechou sua campanha eleitoral com uma sobra de mais de R$ 600 mil. Isto porque, angariou R$ 1.438.010,00 milhões, e investiu apenas R$ 771.278,21 mil em sua campanha eleitoral. No entanto, foi atingido por uma decisão da justiça trabalhista que determinou o bloqueio de R$ 688 mil para pagar três funcionários do frigorífico do qual é dono. 

O deputado estadual Emanuelzinho Pinheiro (PTB), que ficou na terceira colocação com 14.105 votos, além de amargar o fracasso no pleito ainda finalizou a campanha com dívidas. O petebista ainda possui um débito de R$ 552.727,47 mil, uma vez que arrecadou R$ 1.073.000,00 milhões e gastou R$ 1.625.727,47 milhão.

Miltão do Psol teve a candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral. Segundo a Justiça Eleitoral, 6.335 eleitores de Várzea Grande votaram em branco, outros 9.278 anularam os votos. O candidato ainda terminou com saldo positivo na conta de campanha. Isto porque recebeu R$ 15.751,17, mas gastou apenas R$ 8.720,00. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet