Cuiabá, quarta-feira, 02/12/2020
22:08:45
informe o texto

Notícias / Agro e Economia

18/11/2020 às 14:00

Senado vota hoje projeto que garante R$ 6,5 bi a MT da Lei Kandir

Projeto do senador Wellington regula acordo firmado no STF entre a União e estados, em Ação Direta de Inconstitucionalidade

Leiagora

Senado vota hoje projeto que garante R$ 6,5 bi a MT da Lei Kandir

Foto: Agência Senado

Está na pauta do plenário do Senado desta quarta o projeto de lei complementar (PLP) 133/2020, que transfere recursos da União a estados e municípios para compensar perdas de arrecadação provocadas pela Lei Kandir. A votação do PLP garante a Mato Grosso o pagamento de 6,5 bilhões, dos quais R$ 500 milhões ainda este. Dos recursos a serem transferidos pela União, 25% serão destinados aos municípios.

De autoria do senador Wellington Fagundes (PL-MT), o projeto regula acordo firmado no Supremo Tribunal Federal (STF) entre a União e o Fórum Nacional de Governadores, em Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO). 

“Essa é uma votação importante porque faz justiça a quem ajuda o Brasil nesse grande esforço de exportação, que tem sido uma das grandes sustentações da nossa economia”, disse Fagundes.

O texto vai permitir o andamento do acordo que prevê a transferência dos recursos pela União, como forma de compensação aos estados e municípios exportadores de produtos primários e semielaborados, como soja, milho, algodão, carnes, madeira e minérios, que, pela Lei Kandir, são isentos de cobrança de impostos estaduais e municipais com o objetivo de incentivar exportações.

Relatado pelo senador Antonio Anastasia (PSD-MG), o projeto permite a transferência de R$ 65,5 bilhões da União aos entes federados. Desse total, R$ 58 bilhões serão transferidos no período de 2020 a 2037 e estão previstos na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 188/2019, que trata do novo Pacto Federativo.

Após aprovação no Senado, o PLP será apreciado pela Câmara dos Deputados.

 
Com informações da assessoria 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet