Cuiabá, domingo, 29/11/2020
04:24:18
informe o texto

Notícias / Política

20/11/2020 às 08:41

Vereadores derrotados nas urnas ainda sonham com cargos na prefeitura

A tendência é que alguns dos parlamentares derrotados passem a ocupar cargos no Executivo Municipal.

Alline Marques

Vereadores derrotados nas urnas ainda sonham com cargos na prefeitura

Foto: Montagem Leiagora

Apesar da derrota nas urnas, os vereadores que fracassaram no último domingo (15)  ainda sonham com cargos na Prefeitura de Cuiabá. Isto, claro, se Emanuel Pinheiro (MDB) for reeleito.

Nove vereadores da base do emedebista foram massacrados nas urnas, mas nem sempre a resposta da sociedade é respeitada, porque eles acabam sendo 'beneficiados' com cargos. A tendência é que, até pela defesa incondicional e apaixonada com que alguns parlamentares fizeram de Emanuel no Parlamento, eles possam vir compor o secretariado caso o prefeito seja reeleito dia 29. 

No total, 15 vereadores da base governista disputaram a reeleição neste ano. Destes, nove não conseguiram garantir a permanência na Câmara de Cuiabá na próxima legislatura.

Trata-se de Adilson Levante (PSB), Marcos Veloso (PV), Drº Xavier (PTC), Justino Malheiros (PV), Luis Claudio (PP), Misael Galvão (PTB), Orivaldo da Farmácia (PP), Ricardo Saad (PSDB) e Toninho de Souza (PSDB).

Destes, ao menos três, devem ser contemplados por Pinheiro em caso de vitória, sendo eles o líder do governo no Parlamento Municipal Luis Cláudio, o presidente da Casa de Leis, Misael Galvão, e ainda o vereador Ricardo Saad.

Isto porque, nos últimos quatro anos atuaram em defesa do chefe do Executivo Municipal em diversas situações, em algumas chegaram a extrapolar o bom senso. O progressista e o parlamentar tucano ficaram na primeira suplência, já o chefe do Legislativo Cuiabano terminou na segunda suplência.

Pensando no futuro, todos já estão trabalhando no segundo turno a fim de garantir a reeleição de Pinheiro.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet