Cuiabá, domingo, 29/11/2020
07:19:18
informe o texto

Notícias / Política

19/11/2020 às 17:03

Após perder eleição, prefeito de Barra do Bugres demite 365 funcionários

A lista inclui médicos, enfermeiros, assistentes sociais e fisioterapeutas

Leiagora

Após perder eleição, prefeito de Barra do Bugres demite 365 funcionários

Foto: Reprodução

O prefeito de Barra do Bugres (MT) e candidato derrotado à reeleição, Raimundo Nonato (DEM), demitiu nesta quarta-feira (18), 365 funcionários públicos da administração municipal. A lista inclui médicos, enfermeiros, assistentes sociais e fisioterapeutas.

De acordo com Nonato, o motivo do corte é o ajuste de contratos para a próxima gestão. "Aconteceu que tem prazo pra sair todo mundo. Quando tinha 90 dias entre a eleição e o próximo mandato era uma coisa, agora tem só 45 dias e todo mundo tem que sair junto com o prefeito. Esse é o motivo", disse.

"Não pode deixar para o próximo mês, senão não dá tempo. A tramitação é muito burocrática", completou.

Barra do Bugres não tem hospital municipal. O município conta com uma unidade de pronto atendimento e um centro de especialidades, que, com os cortes, agora não tem médicos cardiologistas, ortopedistas ou psiquiatras. Os pacientes mais graves são transferidos para a capital do Estado, Cuiabá, a 164 km, e os partos realizados em Nova Olímpia, 40 km de distância.

Segundo o prefeito, os serviços municipais que sofreram cortes funcionarão pelo período de meio expediente até, pelo menos, janeiro de 2021, quando o próximo prefeito toma posse. "Quando eu assumi era só meio expediente, depois ficou o dia todo e agora voltou a ser meio expediente", disse Nonato.

O vice-prefeito, Gustavo Abi Rached Cruz, deve se reunir com o Conselho Municipal de ainda hoje para tratar da questão. O grupo é formado por profissionais da Saúde, entidades sociais, e membros de comunidades indígenas e quilombolas.

Nas eleições municipais do último domingo (15), Nonato recebeu 40,88% dos votos e acabou derrotado por Divino Henrique (PDT), que obteve 43,32%, uma diferença de 414 votos.
Estadão Conteúdo

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet