Cuiabá, quinta-feira, 26/11/2020
19:29:17
informe o texto

Notícias / Geral

21/11/2020 às 14:35

Japão registra recorde de 2.418 novos casos diários de coronavírus

Dessa forma, o governo reduziu a campanha "GoTo", que oferecia descontos para viagens pelo país e para alimentação em restaurantes, como forma de estimular a economia

Leiagora

Japão registra recorde de 2.418 novos casos diários de coronavírus

Foto: ISSEI KATO/REUTERS

O Japão registrou pelo terceiro dia consecutivo um recorde no número de novas infecções por coronavírus, com o registro de 2.418 novos casos neste sábado. Dessa forma, o governo reduziu a campanha "GoTo", que oferecia descontos para viagens pelo país e para alimentação em restaurantes, como forma de estimular a economia. A decisão foi anunciada pelo primeiro-ministro, Yoshihide Suga, em uma reunião do comitê governamental de medidas pandêmicas japonês. Na ocasião, ele enfatizou a necessidade de "precauções máximas" e disse que os descontos da iniciativa serão temporariamente removidos no caso dos restaurantes e no que tange às viagens, não poderão mais ser aplicados para as áreas mais afetadas pela covid-19.

Já a Coreia do Sul registrou 386 novos casos de infecção por coronavírus neste sábado, elevando o total no país a 30.403. O número de óbitos por causa da doença é de 503 até o momento, conforme dados da Agência de Controle e Prevenção de Doenças, e a região mais afetada é a parte metropolitana de Seul, onde a densidade populacional dificulta o rastreamento das transmissões. Lá, foram detectados 270 do total de novos pacientes.

A Coreia do Sul vinha conseguindo evitar grandes bloqueios e restrições, apostando em campanhas de incentivo à quarentena e ao uso de máscaras. Em outubro, as autoridades chegaram a reduzir as medidas restritivas ao nível mais baixo, permitindo o retorno de locais considerados de alto risco, como casas noturnas e competições esportivas. Ontem, contudo, a Sociedade Coreana de Doenças Infecciosas alertou que o país pode ultrapassar mil infecções por dia em uma ou duas semanas se as medidas de distanciamento social não forem aplicadas.

A Índia, por sua vez, confirmou 46.232 novos casos da doença nas últimas 24 horas, vendo uma continuidade na situação alarmante em Nova Delhi. Na capital, as unidades de terapia intensiva e o crematório principal estão próximos do limite. Nas últimas semanas, a cidade começou a ver uma alta de cerca de 6.700 infecções por dia. Segundo o Ministério da Saúde indiano, o país teve 564 mortes de ontem para hoje, chegando a um total de 132.726. Ontem, a Índia ultrapassou os 9 milhões de casos de coronavírus desde o início da pandemia.
Agência Brasil

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet