Cuiabá, domingo, 29/11/2020
02:54:27
informe o texto

Notícias / Política

21/11/2020 às 14:59

Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio

No áudio, que supostamente foi gravado na secretaria municipal de Saúde, é possível ouvir a mulher ameaçando os funcionários

Edyeverson Hilario

Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio

Foto: Reprodução

Os candidatos à prefeitura de Cuiabá, Abílio Brunini (Podemos) e Felipe Wellaton (Cidadania), fizeram uma live para denunciar a prima do prefeito Emanuel Prinheiro (MDB). A acusação é de que Miriam Pinheiro estaria coagindo os servidores públicos a irem para as ruas fazer campanha para o emedebista.

No áudio, que supostamente foi gravado na Secretaria Municipal de Saúde, é possível ouvir a mulher ameaçando os funcionários, sob pena de terem seus salários descontados ou de ficarem desempregados, caso os vereadores ganhem a eleição municipal.

Em parte da gravação, ela diz “não cobramos ponto de vocês, vocês chegam a hora que quer”. Em outro trecho, ela diz: “todo mundo aqui está precisando de emprego, ou é casado com marido rico?”.

Para ouvir o áudio clique AQUI e AQUI 

Clique AQUI e veja a ação

Outro lado

Emanuel Pinheiro negou a veracidade da denúncia. Disse que a Miriam não é servidora do município, que foi exonerada em agosto desse ano, para sua candidatura a vereadora, em Várzea Grande.



Confira a nota completa 

O prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB), informa que a denúncia realizada na tarde de hoje (20), não é verídica. A senhora Miriam de Fátima Nascheveng Guimarães Pinheiro não é servidora do município de Cuiabá. Ela reside em Várzea Grande onde possui o seu domicílio eleitoral. Foi exonerada da rede municipal de Saúde para concorrer a cargo eletivo pela cidade de Várzea Grande em 14  de agosto de 2020.

Portanto, os fatos narrados dizem respeito a uma iniciativa exclusivamente pessoal, ação de uma cidadã sem nenhum vínculo com o Poder Público Municipal da Capital.

Nesta oportunidade, Pinheiro reafirma que cabe, exclusivamente à ela, responder por seus atos e que jamais coadunará com medidas que transgridam os princípios éticos da gestão publica e da democracia.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Pedro 22/11/2020 às 00:00

    Isso não foi nada perante o que está servidora fez na atenção básica. Lá houve até xingamentos, mas infelizmente os funcionários não gravaram o teor da conversa. Ah ela não está exonerada. Ela já está trabalhando sim e colocando terror em todos os funcionários do setor para fazer campanha para seu primo Emanuel Pinheiro

  • Erivelton 21/11/2020 às 00:00

    Só lamento Paletó é Abílio e Wellanton na cabeça

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet