Cuiabá, sábado, 16/01/2021
05:04:27
informe o texto

Notícias / Judiciário

04/01/2021 às 11:35

TJMT rejeita pedido de Emanuel para impedir troca de VLT por BRT

Na decisão do dia 1º de janeiro, a desembargadora plantonista entendeu que o pedido não era urgente

Maria Clara Cabral

TJMT rejeita pedido de Emanuel para impedir troca de VLT por BRT

Foto: Edson Rodrigues

A desembargadora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) Helena Maria Bezerra Ramos decidiu não conceder o Mandado de Segurança solicitado pela Prefeitura de Cuiabá para impedir que o Governo do Estado troque a obra do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) pela do BRT (Bus Rapid Transit).

Na decisão do dia 1º de janeiro, a plantonista entendeu que o pedido não era urgente, ou seja, não se enquadrava nas resoluções que definem as matérias consideradas urgentes a serem apreciadas em regime judicial extraordinário.

“Como se sabe, o Plantão Judiciário do Recesso Forense visa atender apenas as medidas urgentes, de modo a assegurar a continuidade da prestação jurisdicional devida aos cidadãos que dela possam necessitar em dias não úteis, em que não há expediente forense normal, sob pena de ofensa ao princípio do Juiz Natural”, diz a decisão.

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) acionou o TJMT e Superior Tribunal de Justiça (STJ) argumentando ausência da participação das prefeituras da Capital e de Várzea Grande na tomada de decisão, já que ambos os municípios serão afetados pela mudança.

 

LEIA TAMBÉM: 
Emanuel aciona Governo no TJ e STJ para impedir troca de VLT por BRT

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet