Cuiabá, domingo, 17/01/2021
05:54:49
informe o texto

Notícias / Agro e Economia

11/01/2021 às 11:15

Pecuária de MT teve ano positivo em 2020 mesmo em meio a pandemia

Para 2021, mercado chinês ainda será o principal balizador da carne se a demanda permanecer em alta

Leiagora

Pecuária de MT teve ano positivo em 2020 mesmo em meio a pandemia

Foto: Reprodução

Mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia a todos os setores da economia em 2020, a atividade pecuária se mostrou um dos setores que se manteve firme e confiável, como analisa o presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso, Oswaldo pereira Ribeiro Jr. "Apesar de todos os problemas que enfrentamos em 2020, para a pecuária foi um ano muito bom. Tivemos uma recomposição significativa dos preços dos animais, seja na reposição ou na terminação”.

O pecuarista acrescenta que houve também um aumento significativo do preço dos insumos, o que contribuiu para a redução da margem de lucro. “Devemos lembrar que na pecuária tudo é cíclico: os preços sempre vão oscilar para cima e para baixo, pois a pecuária não é uma atividade especulativa. Os animais vendidos hoje já estavam programados para chegar a este estágio há três, quatro anos.”

Quanto a expectativa para 2021, o presidente da Acrimat diz que 2021 promete repetir muito do que aconteceu em 2020. “Acredito num balanço positivo para o setor como um todo, apesar do preço alto dos insumos, principalmente os grãos, que devem continuar a ser impactados pelo clima e pela demanda externa, que segue muito alta”.

Para a carne, o mercado chinês ainda será o principal balizador, com a demanda se mantendo em alta. “Contudo, o pecuarista deve ficar atento a abertura de novos mercados”. Já o mercado interno deve apresentar desafios ainda maiores. “A economia deve se mostrar ainda um importante desafio, com sua situação agravada pela pandemia. Outro fator que devemos estar atentos é sobre o auxílio emergencial do governo, que assim que cessar impactará no consumo de forma acentuada”.

Ribeiro destaca que os preços do bezerro e do boi magro devem continuar em níveis relativamente altos, devido a oferta reduzida na reposição. 
Assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet