Cuiabá, quinta-feira, 21/01/2021
10:46:40
informe o texto

Notícias / Judiciário

13/01/2021 às 15:00

MPE investiga denúncia de envenenamento de capivaras no Alphaville, em Cuiabá

A portaria foi publicada na segunda-feira (11) tornando a denuncia em inquérito civil

Eduarda Fernandes

MPE investiga denúncia de envenenamento de capivaras no Alphaville, em Cuiabá

Foto: Leiagora

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT) instaurou um inquérito civil para apurar denúncia recebida pela Ouvidoria a respeito do possível envenenamento de animais nas circunscrições do condomínio de luxo Alphaville, em Cuiabá.

Em 3 de setembro do ano passado, o promotor de Justiça Joelson de Campos Maciel, que é titular da 16ª Promotoria de Justiça Cível de Defesa do Meio Ambiente Natural da Capital, instaurou um Procedimento Preparatório para averiguar a denúncia.

Leia também - Após mudanças na classificação de risco para covid-19, TRT muda atendimento

Naquela portaria, o promotor citava que quatro moradoras ouvidas em audiência extrajudicial on-line, realizada em julho, “não só confirmaram os fatos delatados no reclame, como revelaram ter solicitado, por diversas vezes, à gestão da Associação Alphaville Cuiabá, que fossem adotadas providências restritivas com o fim de cessar a ocorrência de delitos dessa natureza nos limites do Alphaville, mas que as tentativas não surtiram o resultado esperado”.

Depois disso, a portaria diz que foi determinada a notificação do diretor-presidente da Associação Alphaville Cuiabá, para conhecimento e manifestação acerca dos fatos.

Com o fim do prazo para a conclusão do Procedimento Preparatório mesmo a investigação ainda em fase de instrução, o promotor determinou a conversão em Inquérito Civil. A nova por portaria foi publicada na segunda-feira (11).

Outro lado

Não é de hoje que as capivaras são vistas no entorno do condomínio, mas principalmente no Parque Tia Nair, que fica em frente. O Leiagora então buscou saber se a mesma situação acontece no parque. Em nota, a Secretaria de Ordem Pública informou que:

-No parque Tia Nair não existe registro de envenenamento. 

-Registros dessa natureza estão ocorrendo na região Condomínio Alphaville, onde as capivaras também frequentam.

-A denúncia de envenenamento foi registrada no ano passado no Ministério Publico Estadual que abriu uma Ação Civil Pública para apuração dos fatos contra a Associação que administra o condomínio;

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet