Cuiabá, sexta-feira, 22/01/2021
21:13:20
informe o texto

Notícias / Política

14/01/2021 às 07:00

Governador classifica como ‘imbecilidade’ declarações do presidente da França sobre produção de soja

"A fala dele não tem a menor âncora na verdade e é uma fala irresponsável com aquilo que nós somos ambientalmente”, declarou o governador

Da Redação - Eduarda Fernandes / Reportagem Local - Camilla Zeni

Governador classifica como ‘imbecilidade’ declarações do presidente da França sobre produção de soja

Foto: Christiano Antonucci / Secom-MT

O governador Mauro Mendes (DEM) reagiu duramente às declarações do presidente da França, Emmanuel Macron, sobre o desmatamento na Amazônia e a produção de soja no Brasil.

“Ele fala de algo que não conhece. Ele está falando, na verdade, uma imbecilidade para um presidente que tem o dever de defender a sua economia, os seus produtores, que é grande concorrente do Brasil. A fala dele não tem a menor âncora na verdade e é uma fala irresponsável com aquilo que nós somos ambientalmente”, declarou o governador em entrevista à imprensa, na noite desta quarta-feira (13).

Leia também - Declaração de Macron sobre soja mostra completo desconhecimento, diz Mapa

Na terça-feira (12), o presidente francês afirmou que “continuar a depender da soja brasileira seria ser conivente com o desmatamento da Amazônia". Em vídeo publicado em sua conta oficial do Twitter, Macron fala em "não depender mais" da soja brasileira e produzir o grão na Europa. "Nós somos coerentes com nossas ambições ecológicas, estamos lutando para produzir soja na Europa", afirmou o presidente.

Mauro Mendes avaliou como “lamentável que um presidente de um país tão importante como a França faça uma declaração tão irresponsável como essa” e desafiou Macron a provar que tem ao menos 10% dos ativos ambientais que Mato Grosso possui.

Caso o presidente concretize a ameaça e pare de comprar soja do Brasil, Mauro ironiza dizendo que será muito bom para os franceses. “Porque aí vão poder vender mais, porque são ineficientes e incompetentes, junto do seu Macron, e ficam falando aquilo que não é verdade”.

Por fim, Mauro desafiou qualquer região do planeta a provar que produz alimentos e mantenha 62% do território preservado. “Mato Grosso tem isso. Então isso tem que ser respeitado pelo Macron e pelo mundo”, rebateu.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet