Cuiabá, terça-feira, 02/03/2021
06:28:21
informe o texto

Notícias / Política

18/01/2021 às 22:06

Governo não tem previsão de quando vai vacinar todos grupos prioritários em MT

Governador Mauro Mendes destacou que depende da ação do Ministério da Saúde em encaminhar novos lotes.

Da Redação - Kamila Arruda / Da Reportagem Local - Eduarda Fernandes

Governo não tem previsão de quando vai vacinar todos grupos prioritários em MT

Foto: Tchélo Figueiredo/Secom-MT

O governador Mauro Mendes (DEM) destacou que ainda não tem previsão de quando conseguirá concluir a vacinação dos grupos prioritários contra o coronavírus, porque ainda não há uma previsão de quando o Ministério da Saúde vai conseguir encaminhar todos novos lotes da vacina. Há a possibilidade de que até o final deste mês Mato Grosso receba mais um lote. Ele fez o comentário durante o início da campanha de vacinação contra a Covid-19, no Hospital Metropolitano, na noite dessa segunda-feira (18).  
 
Foram encaminhados 126 mil doses, sendo que 60 mil são exclusivas aos povos indígenas e os demais para os profissionais da saúde, além de idosos acima de 75 anos na primeira fase da imunização dos grupos prioritários. Contudo, para este primeiro público, são necessárias 386 mil doses.
 
Mauro criticou a demora do governo federal em ter iniciado a vacinação, perdendo o "time" em relação a outros países. “Vários países saíram à frente, mas é possível recuperar o tempo com a produção pela Fiocruz e o Instituto Butantan. Até o presente momento, poderia ter uma priorização mais efetiva pela vacina por parte do governo federal. Ainda não confirmaram quando será enviado o próximo lote”.
 
Para não ficar na dependência da União, chefe do Executivo Estadual afirma que está tentando adquirir a vacina de outros laboratórios. “Estamos tentando comprar, estamos fazendo alguns contatos para encontrar um caminho, mas a Pfizer por exemplo, nos informou que a política mundial da empresa é negociar com os governos federais, é muito difícil”, afirmou.

Enquanto não há previsão de vacinar todas as pessoas do grupo de risco em Mato Grosso e depois a população em geral, Mendes fez questão de reforçar a necessidade de a população continuar seguindo as medidas de segurança a fim de evitar a proliferação do vírus. Para ele, essa é a maneira mais eficaz de se evitar o contágio, até que toda a população seja imunizada.



 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet