Cuiabá, sexta-feira, 05/03/2021
19:06:36
informe o texto

Notícias / Política

23/02/2021 às 08:06

Com caminho livre para aposentadoria de Antônio Joaquim, Botelho pode ir para o TCE

Nos bastidores, os rumores são de que Botelho tem interesse em ingressar na Corte de Contas

Eduarda Fernandes e Camilla Zeni

Com caminho livre para aposentadoria de Antônio Joaquim, Botelho pode ir para o TCE

Foto: Reprodução

Com a revogação do afastamento do conselheiro Antônio Joaquim e seu retorno ao pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE) confirmado para esta terça-feira (23), ele está com o caminho livre para iniciar seu tão esperado processo de aposentadoria. Nos bastidores, os rumores são de que o deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) tem interesse de que os planos de Antônio se concretizem, pois ele almeja ingressar na Corte de Contas.

Aliás, esse seria o motivo da tranquilidade de Botelho ao perder o cargo de presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) nesta segunda (22). Por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, foi suspensa a recondução de Botelho à presidência do Parlamento estadual.

Leia também - Antonio Joaquim está de volta ao TCE e participa de sessão nesta terça

Joaquim chegou a iniciar o processo de aposentadoria em 2017 e sua intenção era disputar o Governo do Estado. Contudo, ele foi afastado do cargo em setembro daquele ano por decisão do ministro Luiz Fux, do STF, na Operação Malebolge.

Caso conseguisse se aposentar à época, Antônio seria adversário do então governador Pedro Taques na eleição. Isso levou o chefe do Executivo (a quem cabia autorizar ou negar a aposentadoria) a dificultar os planos do conselheiro. Taques buscou abrigo jurídico no STF para saber como agir, mas o Supremo não julgou o pedido dentro do prazo de desincompatibilização e Antônio viu seus planos irem por água abaixo.

Antônio ficou muito indignado com o que classificou como cassação de seus direitos políticos, mas de nada adiantou. Agora, quatro anos depois, ainda que não tenha planos na política, pode ao menos se aposentar.

O Leiagora conversou com o conselheiro, mas ele prefere fazer suspense sobre o teor do discurso de volta. Ele participa da sessão na manhã desta terça e deve anunciar o pedido de aposentadoria. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet