Cuiabá, sábado, 17/04/2021
23:09:02
informe o texto

Notícias / Judiciário

25/02/2021 às 17:52

Estado aciona Prefeitura de Cuiabá para desbloquear leitos de UTI covid-19

Conforme ação, 33 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para atendimento de pacientes da Covid-19 foram bloqueados pelo município por falta de equipamentos

Leiagora

Estado aciona Prefeitura de Cuiabá para desbloquear leitos de UTI covid-19

Foto: Mayke Toscano / Secom-MT

A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) acionou a Prefeitura de Cuiabá para o desbloqueio imediato de 33 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo 30 para adultos e três pediátricos, para o tratamento de pacientes da Covid-19, no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá.

A ação por obrigação de fazer foi protocolada na Vara Especializada de Fazenda Pública, nesta quinta-feira (25), após a gestão municipal não cumprir notificação do Governo do Estado para o desbloqueio dos leitos UTI Covid-19.

Leia também - Desembargadores Carlos Alberto e Nilza Maria são eleitos para compor pleno do TRE

Relatório de supervisão da Secretaria de Estado de Saúde (SES) apontou que o bloqueio se dá por falta de medicamentos e falta de médico cirurgião pediátrico.

Conforme a ação, o bloqueio dos leitos de UTI Covid-19 impacta na taxa de ocupação hospitalar e acarreta no descumprimento do Plano de Contingência Municipal. Nesta quinta-feira, a taxa de ocupação de UTIs é de 83%.

“Caso a conduta do Município persista, o principal prejudicado será o cidadão que venha a necessitar dos leitos de UTI, uma vez que o Estado terá de suspender o repasse de elevado valor referente ao cofinanciamento das diárias dos citados leitos, o que poderá impactar na própria manutenção ou na diminuição do número de leitos destinados aos pacientes Covid-19”, de acordo com trecho extraído da petição.

O município recebe R$ 1,6 mil por leito de UTI pactuado com o Governo do Estado e Ministério da Saúde.

Outro lado

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que:

- Não foi notificada sobre a ação judicial.

- Na tarde desta quinta-feira (25), nenhum dos 80 leitos de UTI adulto está bloqueado. A unidade conta com 60 leitos ocupados e 20 disponíveis.

- Durante a manhã, sete leitos de UTI adulto chegaram a ficar temporariamente bloqueados por falta de sedativos, o que já foi resolvido e não chegou a prejudicar nenhum paciente, uma vez que ocorreu em relação aos leitos desocupados.

- Em relação aos leitos de UTI pediátrica, está em processo de contratação do cirurgião pediátrico. Infelizmente, o profissional contraiu covid-19 e, desde o dia 20, está internado. O segundo médico que presta serviço na UTI pediátrica não tem condições de atender no plantão do colega por também trabalhar em outra unidade. 

- A SMS informa que em nenhum momento deixou de prestar assistência médica aos pacientes que necessitaram de internação na unidade.

- Por fim, a secretária Ozenira Félix destaca que, mesmo diante de dificuldades no financiamento junto aos governos estadual e federal, a Secretaria Municipal de Saúde não tem medido esforços para manter todos os leitos disponíveis e assegurar à população cuiabana o atendimento adequado.
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet