Cuiabá, sábado, 17/04/2021
22:51:05
informe o texto

Notícias / Judiciário

27/02/2021 às 17:53

Agropecuária Irmãos Picinin pede recuperação judicial de R$ 239 milhões; veja lista de credores

Entre a lista de credores, as maiores dívidas são com instituições financeiras. Apenas com o Banco Itaú, por exemplo, a dívida gira em torno de R$ 116 milhões

Camilla Zeni

Agropecuária Irmãos Picinin pede recuperação judicial de R$ 239 milhões; veja lista de credores

Fórum de Sinop

Foto: TJMT

A empresa Agropecuária Irmãos Piccinin entrou com pedido de recuperação judicial na Comarca de Sinop (500 km de Cuiabá), no início do ano, apontando uma lista de credores de R$ 239 milhões. 

O pedido é analisado pela juíza Giovana Pasqual de Mello, da 4ª Vara Cível de Sinop, que nessa semana negou fazer a blindagem patrimonial da empresa. A medida é comum nos pedidos de recuperação judicial, com o objetivo de tentar preservar a empresa e a manutenção do capital considerado essencial para a recuperanda.

Segundo a juíza, ainda não é possível determinar a medida solicitada pela empresa uma vez que ainda não restou comprovado o preenchimento de todos os requisitos legais necessários para a concessão de autorização para recuperação judicial.

A magistrada aguarda a apresentação de novos documentos para que a decisão possa ser revista.

Credores
Conforme a relação de credores apresentada à Justiça, a empresa tem suas principais dívidas com o Banco do Brasil, Banco Itaú, com a empresa de maquinários John Deere, e com a multinacional Syngenta.

Dos R$ 239,7 milhões em dívidas, R$ 109,9 mil são de débitos trabalhistas, sendo, em sua maioria, salários a serem pagos.

Dívidas firmadas em contratos somam cerca de R$ 116,7 milhões, sendo que os maiores débitos são, esmagadoramente, com o Itaú Unibanco. Apenas à instituição financeira o grupo deve R$ 73,7 milhões. Com o Banco John Deere são outros R$ 8,7 milhões, enquanto com o Banco do Brasil a empresa também tem dívidas na ordem de R$ 40,3 milhões.

Confira aqui a lista completa dos credores da empresa.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet