Cuiabá, quarta-feira, 14/04/2021
15:53:17
informe o texto

Notícias / Judiciário

08/03/2021 às 17:03

Emanuel aciona Governo por faixa na Arena que critica prefeitura por déficit na atenção básica

A medida cautelar foi ajuizada nesse domingo (7) e tramita em segredo de Justiça

Eduarda Fernandes

Emanuel aciona Governo por faixa na Arena que critica prefeitura por déficit na atenção básica

Foto: Reprodução

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), revelou na manhã desta segunda-feira (8) ter acionado o Governo do Estado por conta de uma faixa afixada na Arena Pantanal, que atualmente também funciona como Centro de Triagem da covid-19. A faixa contém os seguintes dizeres: “O Governo de MT presta atendimento do Centro de Triagem Covid-19 para suprir a deficiência da prefeitura, que deveria oferecer esse serviço nos PSFs e UPAs”.

O problema no cartaz seria a utilização da identidade visual da atual gestão, contendo logo do Governo de Mato Grosso, do SUS e da Santa Casa em uma mensagem que ataca diretamente a gestão município. Ou seja, utilização de propaganda institucional com cunho político. A medida cautelar foi ajuizada nesse domingo (7) e tramita em segredo de Justiça.

Leia também - Fachin anula condenações de Lula na Lava Jato e ex-presidente pode disputar em 2022

Em coletiva de imprensa realizada na manhã de hoje, Emanuel lamentou o ataque e disse ver a situação tristeza. “Nunca vi nos meus 30 anos de vida pública algo semelhante a isso. Você usar dinheiro público para fazer uma propaganda institucional para atacar um adversário, um desafeto político. Nunca vi. Daí você vê o nível, o fundo do poço em que chegou o Governo do Estado, desespero total”, declarou ao anunciar que oriento a Procuradoria Geral do Município a tratar a questão na Justiça.

Para o prefeito, a questão revela “destempero”, na forma como o governo está lidando com a situação. Fotos da faixa circularam nas redes sócias no último final de semana e acirraram ainda os ânimos entre defensores e contrários às gestões de ambos.

“Lamento, vejo com muita tristeza, muita decepção, pelo nível do governo que nós temos. Infelizmente, é isso que nós temos. O colapso total do governo, não é só do sistema, é do governo que está atingindo o sistema. Mas, em homenagem à população cuiabana e mato-grossense, que depende de Cuiabá, vamos seguir em frente e evitar uma polêmica maior dessa questão, que acho que deve ser tratado agora na esfera judicial e vamos tomando as medidas necessárias para preservar a saúde e a vida das pessoas”, concluiu.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet