Cuiabá, quarta-feira, 14/04/2021
15:48:06
informe o texto

Notícias / Geral

08/03/2021 às 17:33

Saúde em Sinop entra em colapso e 60 pessoas aguardam na fila por UTI

Foram abertos 10 leitos UTIs na última quarta (3) e na sexta (5) já estavam todas lotadas antes do meio-dia

Eduarda Fernandes

Saúde em Sinop entra em colapso e 60 pessoas aguardam na fila por UTI

Foto: Só Notícias / Guilherme Araújo

A rede de Saúde que atende pacientes com covid-19 em Sinop colapsou. Não há mais leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), revelou o secretário municipal de Saúde, Valério Gobbato, em coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira (8).

Gobbato contou que foram abertos 10 leitos UTIs na última quarta (3) e na sexta (5) já estavam todas lotadas antes do meio-dia. “Hoje não temos disponibilidade de UTI. Já temos mais de 60 pessoas na fila aguardando vaga de UTI e dentre elas, mais de 50 entraram com processo judicializando. Vários Estados estão na mesma situação, entramos em colapso”, declarou.

Leia também - MT registra 68 mortes e quase 2 mil casos em um dia; 2 vagas em UTIs são liberadas

Diante do surgimento de qualquer sintoma, a orientação do secretário é procurar atendimento médico, evitando assim o agravamento do estado de saúde e, consequentemente, reduzindo a demanda por leito de UTI.

“Nossa demanda aumentou bastante, final de semana inclusive foi mais de 50%. É importante que a população, sentindo os primeiros sintomas, já procure a rede de serviço público de saúde para que faça o exame e, dependendo da conduta do médico e da vontade do paciente, possa começar o tratamento precoce”, disse.

A Prefeitura de Sinop reabriu o hospital de campanha, mas dentro de uma ala da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Inicialmente, foram abertos 10 leitos de enfermaria. No último final de semana, o município contratou um fisioterapeuta que foi colocado à disposição da UPA. Esse profissional é responsável, dentre outras técnicas, por aplicar exercícios respiratórios que auxiliam a recuperação do paciente.

Na manhã desta segunda, foi contratado um infectologista, que fará atendimento e orientação da equipe médica sobre como lidar com esses pacientes.

“Nós tivemos um final de semana bastante tenso. Imaginamos que essa semana também não será fácil. Os casos continuam acontecendo e esse final de semana, andando pela cidade, você vê que continuam as aglomerações. Infelizmente a população está indo ao mercado como um local de passeio, aonde vai com esposa, filhos. E a orientação é clara: uma pessoa por família”, reforça.

O município demonstrou interesse em adquirir 30 mil doses de vacinas, através do Consórcio Teles Pires, que servirão para imunizar toda a faixa etária acima de 60 anos. Porém, a compra de vacinas ainda não foi efetivada e há uma dificuldade generalizada para encontrar doses disponíveis no mundo todo. 

Número de casos e óbitos

Nesta segunda, Sinop tem 344 pacientes em isolamento, 37 internações e 200 óbitos provocados pela doença pandêmica. Ao todo, desde o início da pandemia, foram 13.424 casos confirmados, sendo atualmente 12.843 recuperados.

O Município dispõe de dois leitos de UTI em hospital privado e 15 no Hospital Regional, 11 leitos de enfermaria em hospital privado e nove no Regional. Há 105 pessoas com suspeita da doença, no momento. No Hospital Regional, há um leito de UTI disponível, que será regulado a um dos pacientes que aguardam na fila, e um leito de enfermaria livre.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet