Cuiabá, sábado, 17/04/2021
22:07:59
informe o texto

Notícias / Cancelados pela covid-19

04/04/2021 às 09:33

Em um ano, mais de 2,6 mil profissionais da segurança foram diagnosticados com a covid-19

Ao todo, 30 profissionais morreram vítimas da doença.

Luzia Araújo

Em um ano, mais de 2,6 mil profissionais da segurança foram diagnosticados com a covid-19

Foto: Reprodução

Mais de 2,6 mil profissionais da Segurança Pública foram diagnosticados com a Covid-19 em pouco mais de um ano em Mato Grosso. Os dados são da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), que teve a última atualização dos casos feita até o dia 31 de março, deste ano.

Os casos positivos incluem profissionais da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Corpo de Bombeiros, Sistema Penitenciário, além de servidores administrativos da Sesp. Ao todo, 30 profissionais morreram vítimas da doença. 

O levantamento apontou que de toda a segurança pública, o Sistema Penitenciário foi a instituição que mais perdeu profissionais para a doença, com 10 mortes em decorrência do coronavírus. Em seguida está a Polícia Militar, com nove óbitos de policiais na ativa. Desse total, sete eram sargentos, um subtenente e um tenente-coronel. 

Já a Polícia Judiciária Civil perdeu sete profissionais para a covid-19, sendo seis investigadores e um escrivão. Nenhum atuava em Cuiabá. E por último está o Corpo de Bombeiros com quatro falecimentos. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) não registrou nenhuma morte até o momento. 

Vacinação
Os profissionais da área da Segurança devem começar a ser vacinados contra a covid-19 a partir da chegada do próximo lote em Mato Grosso. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, na última quarta-feira (31). Gilberto contou que o Ministério da Saúde comunicou o Estado sobre a 11º pauta de distribuição de vacina, por meio da qual Mato Grosso deve receber 113,2 mil doses de vacinas.

"Destas, são 9.250 doses da Astrazenica e 104 mil da CoronaVac. E a novidade tão esperada, importante, é que o Ministério da Saúde já autoriza iniciar a imunização dos profissionais que atuam nas forças de segurança. Dessa pauta, já existe aqui um percentual de 6% destinados a iniciar a imunização dos profissionais de segurança, entenda as forças da Polícia Militar e Forças Armadas”, revelou o secretário, ao garantir ainda que Mato Grosso tem estrutura para acelerar a vacinação. 

Com relação à vacinação das forças de segurança, Mauro comentou ainda que fez, juntamente com outros governadores, forte articulação por essa autorização. 

Sobre policiais penais, peritos da Politec e agentes do socioeducativo, Mauro garantiu que todos serão vacinados juntamente com policiais e bombeiros. “Todos compõem as forças de seguranças do Estado de Mato Grosso. Todos das forças de segurança serão vacinados”, garantiu Mauro.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet