Cuiabá, quarta-feira, 12/05/2021
01:10:04
informe o texto

Notícias / Política

08/04/2021 às 18:42

​Vereadora denuncia falta de medicamentos e insumos no Hospital de Referência Covid-19

Documentos mostram falta de sedativos e sonda para alimentação de pacientes na UTI

Leiagora

​Vereadora denuncia falta de medicamentos e insumos no Hospital de Referência Covid-19

Foto: Luiz Alves/Secom

O Hospital de Referência para Covid-19 de Cuiabá, o antigo Pronto Socorro, está com falta de medicamentos e insumos. De acordo com documentos da própria unidade com data do dia 5 de abril, diversos itens estão com o estoque zerado ou insuficientes.

Conforme denúncia recebida pela vereadora Michelly Alencar (DEM) nesta quinta-feira (8), pacientes entubados na UTI estão prestes a acordar por falta de sedativos. Outro problema grave é a falta de alimentação adequada por falta de sonda nasoenteral. Os profissionais estão tendo que usar um tipo de sonda não apropriada para essa finalidade, o que pode causar outros problemas e comprometer a recuperação dos pacientes. 

São 65 itens que estão com o estoque zerado, crítico ou insuficiente. A vereadora também recebeu documentos que mostram pedido de urgência para a aquisição de insumos para as UPAS.

Michelly entrou em contato com a secretária de Saúde Ozenira Félix para obter informações sobre o processo de compra desses itens e previsão de entrega, mas não obteve resposta. A parlamentar irá encaminhar todos os documentos que recebeu para o Ministério Público do Estado.

“É revoltante essa situação. Como deixam faltar o básico no principal hospital público de Cuiabá para tratamento de pacientes com Covid? É difícil imaginar um paciente na UTI acordando fora do momento adequado por falta de sedativo! Se esses documentos chegaram até mim é porque os profissionais que estão lá dentro não aguentam mais essa situação, é desesperador”, disse a vereadora.

A parlamentar mostrou em suas redes sociais parte desses documentos, mas preferiu não divulgar os nomes dos profissionais que assinam essas cobranças para não expô-los. “Infelizmente, no dia do aniversário de Cuiabá, não era essa a notícia que gostaríamos de dar. Esperamos que a situação seja resolvida o mais rápido possível, estamos falando de vidas”, disse a vereadora.

 
Da assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet