Cuiabá, quarta-feira, 12/05/2021
01:36:51
informe o texto

Notícias / Política

09/04/2021 às 10:39

Garcia classifica prefeito de 'incompetente e corrupto' e o manda trabalhar

Também afirma que Pinheiro está usando a pandemia do coronavírus para fazer politicagem.

Kamila Arruda

Garcia classifica prefeito de 'incompetente e corrupto' e o manda trabalhar

Fabio Garcia, presidente do DEM em MT.

Foto: Reprodução / Facebook

Fábio Garcia, presidente do Democratas em Mato Grosso, não poupou críticas ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) por conta das estratégias utilizadas pelo emedebista para a vacinação na Capital. O suplente de senador e um dos principais aliados do governador Mauro Mendes (DEM), classificou o chefe do Executivo Municipal como “incompetente” e “corrupto”.

Para o democrata, Pìnheiro e o filho, o deputado federal Emanuelzinho (PTB), estão usando a pandemia do coronavírus para fazer politicagem. “Nós estamos cansados de politicagem no meio dessa pandemia. Parem, vão trabalhar, vão vacinar as pessoas. Você sabia, Emanuel, talvez seu filho não saiba, mas você sabe que a obrigação de vacinar as pessoas é do município, de mais ninguém,. É o prefeito que tem obrigação legal de vacinar, e o que vocês estão fazendo com os cuiabanos é um absurdo”, colocou o democrata em vídeo divulgados em suas redes sociais.

Fabinho cita os episódios em que se formou filas e aglomerações no Centro de Eventos do Pantanal, onde fica o ponto de vacinação da Capital, e compara o município com Campo Grande e ainda cita que, as cidades do interior do Estado já vacinaram mais que a Capital. 

“Deixar idosos cuiabanos em filas gigantescas em aglomeração, para poder vacinar é desumano e mostra a sua incompetência Emanuel, porque enquanto Cuiabá tem apenas um posto de vacinação, Campo Grande tem 60. E muita incompetência. No estado de Mato Grosso Emanuel 49 municípios já vacinaram mais que a Capital. Isso, porque a Capital tem mais estrutura mais dinheiro, mas enquanto sobra estrutura falta competência sua”, completou.

O democrata ainda pede explicações quanto a não utilização de 19 mil vacinas de primeira dose por parte do prefeito. “Você tem 19 mil primeira doses da vacina que você não vacinou ainda. Nós queremos saber o seguinte: Onde estão essas doses Emanuel? Porque você não vacinou ainda e protegeu a vida do povo cuiabano?”, questiona.

Por fim, o presidente manda o prefeito trabalhar e cita o episódio envolvendo o escândalo do paletó. “Então Emanuel, para de politicagem, para de corrupção, vai trabalhar. Você foi eleito para cuidar do povo cuiabano, e não para colocar dinheiro público no bolso do paletó”, finalizou.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet